Derivados do coco: 4 produtos feitos com a fruta, seus benefícios e receita

Alimentação Bem-estar
26 de Julho, 2021
Derivados do coco: 4 produtos feitos com a fruta, seus benefícios e receita

Você sabia que uma alimentação mais saudável pode ser alcançada com simples trocas de ingredientes? Os derivados do coco são grandes aliados nessa missão. Substituir o molho de soja tradicional pelo shoyu de coco, por exemplo, ajuda a combater e a prevenir a hipertensão arterial. Isso porque a versão feita com a fruta tem menos sódio e leva alguns aminoácidos (como valina e leucina), que contribuem para a síntese proteica.

A nutricionista Tatiana Amalfi destaca que restringir algum grupo alimentar não é a melhor opção para quem busca um estilo de vida mais saudável. “Não é incomum que, quando o indivíduo começa uma dieta, ele corte alguns itens e passe a consumir somente saladas e carnes brancas. No entanto, isso é um grande equívoco, a variedade no prato é que faz a diferença”, diz a especialista.

Leia também: Água de coco: Os benefícios da bebida

Ainda de acordo com a profissional, o ideal é que o paciente aposte em um cardápio criativo, com pratos coloridos, e que inclua os exercícios físicos na rotina. “O segredo, então, é a adesão. Ou seja, garantir constância nos novos hábitos pensando a longo prazo. Por isso, comer drasticamente é um caminho errado e que pode ser prejudicial, já que a pessoa não vai conseguir manter esse tipo de alimentação por meses ou anos. O ideal é não excluir alimentos, mas sim incluir os que você não consome”, afirma Tatiana.

Hoje, é possível encontrar por aí muitos ingredientes orgânicos que são capazes de preservar as propriedades naturais dos alimentos – diminuindo aditivos e substâncias químicas que podem ser prejudiciais à saúde. Dessa forma, a partir da fruta coco, há uma ampla variedade de produtos que podem ser incluídos no dia a dia. Confira, a seguir, alguns:

Produtos derivados do coco (e seus benefícios):

Derivados do coco: Shoyu

Os fanáticos por comida oriental conhecem muito bem o molho de soja. “É muito comum consumirmos uma quantidade exacerbada dele, principalmente na hora de mergulhar o sushi. O ingrediente, entretanto, pode conter em apenas 5 ml toda a quantidade de sódio indicada para uma refeição”, explica Tatiana.

Nesse caso, é possível trocar o molho pelo shoyu de coco, que contém uma quantidade pequena da substância, já que é feito com açúcar de coco e sal rosa do Himalaia.

Derivados do coco: Farinha de coco

Uma ótima opção para os celíacos! Para quem adora bolos e pães, mas não pode consumir o glúten, a farinha de coco surge como uma saída com baixo teor de carboidrato, baixo índice glicêmico e zero glúten.

“Ela é derivada da película do fruto do coqueiro. Pode ajudar no bom funcionamento do intestino e em uma dieta de perda de peso”, destaca.

Derivados do coco: Açúcar de coco

Existe açúcar com baixo índice glicêmico? A resposta é sim! O açúcar de coco é aliado de pessoas com diabetes e de quem deseja substituir o produto extraído da cana. Ele é retirado da seiva do coqueiro e é livre de conservantes e glúten. Além disso, é rico em vitaminas e minerais.

Derivados do coco: Néctar da fruta

É muito comum colocarmos mel nas frutas e na preparação de tapiocas e panquecas, por exemplo. Mas, para isso, a nutricionista recomenda o uso do néctar de coco. “É uma opção bem interessante para quem deseja tirar o mel e outras coberturas açucaradas da dieta. Além disso, possui baixo índice glicêmico, é nutritivo”, explica Tatiana.

Leia também: Óleo de coco: benefícios que você precisa conhecer

Receita com derivados do coco: Torta de cebola

derivados do coco
Imagem ilustrativa

Não sabe como utilizar os ingredientes destacados acima? O chef Thiago Ribeiro preparou uma receita de torta de cebola para te inspirar. Confira o passo a passo abaixo.

Ingredientes da massa:

  • 1/2 xícara de farinha de coco;
  • 1/4 de xícara de farinha de castanha-de-caju;
  • 1/4 de xícara de polvilho doce;
  • Sal a gosto;
  • 1/2 xícara de manteiga;
  • 1 ovo.

Ingredientes do recheio:

  • 1 kg de cebola fatiada;
  • 3 colheres (sopa) de óleo de coco;
  • 1 colher (sopa) de açúcar de coco ou néctar de coco;
  • 3 colheres de sopa de shoyu de coco;
  • Ramos de tomilho a gosto;
  • Sal a gosto;
  • Nozes a gosto.

Modo de preparo da massa:

Em uma tigela, coloque as farinhas, o sal e a manteiga e misture. Adicione o ovo e sove bem até formar uma massa lisa e homogênea. Em seguida, embale em plástico filme e deixe descansar por no mínimo 20 minutos na geladeira. Forre a forma com a massa, retirando todo o excesso da borda, e faça alguns furos no fundo. Depois, asse por 15 minutos. Coloque o recheio pronto. Por fim, leve ao forno novamente a 180°C por 5 minutos.

Leia também: Dieta do óleo de coco: O que é, como fazer e cardápio

Modo de preparo do recheio:

Fatie a cebola finamente. Em uma panela antiaderente e grande, aqueça o óleo de coco com o açúcar de coco, e assim que o açúcar derreter, adicione as cebolas e doure até murchar. Adicione o shoyu de coco e acerte o sal, mas continue refogando até secar bem o molho. Em seguida, adicione o recheio na massa da torta moldada e já assada, levando ao forno novamente. Por fim, decore com ramos de tomilho fresco e nozes na hora de servir.

Sobre o autor

Redação
Todos os textos assinados pela nossa equipe editorial, nutricional e educadores físicos.

Leia também:

dieta do óleo de coco
Alimentação Bem-estar

Dieta do óleo de coco: o que é, riscos e cardápio

Na prática, os benefícios da dieta do óleo de coco estão em sua ação no organismo. Saiba mais

mulher correndo na esteira da academia. Ela usa um véu na cabeça
Bem-estar Movimento

Qual cardio queima mais calorias? Especialista responde

Corrida, bike, natação… Você já se perguntou qual tipo de cardio queima mais calorias? Profissional de educação física responde