Crianças de 5 anos são excluídas de vacinação contra a gripe

Saúde
16 de Março, 2022
Crianças de 5 anos são excluídas de vacinação contra a gripe

O Ministério da Saúde anunciou a data de início da campanha de vacinação contra a gripe: 4 de abril. No entanto, uma particularidade chamou atenção na lista de pessoas que poderão tomar o imunizante: dessa vez, foram excluídas crianças de 5 anos da campanha. Lembrando que, até o ano passado, eles faziam parte do grupo prioritário, que abrangia crianças com menos de 6 anos.

De acordo com o jornal Folha de São Paulo, nos bastidores, técnicos afirmaram que o motivo da alteração é emparelhar a idade alvo com a vacinação do sarampo, que sofre com a falta de seringas e irá ocorrer junto com a da gripe. A pasta anunciou que distribuírá 80 milhões de doses da vacina influenza para todo o país. ​

Leia mais: Vacinas para crianças: afinal, quais são as principais?

Crianças de 5 anos serão imunizadas contra gripe e sarampo em 2022

​A Campanha Nacional contra o Sarampo ocorrerá simultaneamente com a Campanha Nacional contra a Influenza neste ano. Isso porque, atualmente, há falta de seringas para ampliar a vacina do sarampo para 5 anos ou mais. Dessa forma, a pasta diz que a operação de vacinação será mais efetiva com a idade igual para ambas as vacinas.

De acordo com os técnicos da pasta, as duas campanhas devem ampliar a faixa etária da vacinação ainda neste ano, quando a situação das seringas estiver regularizada. No ano passado não houve campanha de vacinação específica do sarampo, entrando, assim, na Campanha Nacional de Multivacinação de 1º a 29 de outubro de 2021.

O Ministério da Saúde disse, por meio de nota, que a medida de fazer a campanha de forma simultânea tem como objetivo oferecer a vacinação contra as duas doenças e ampliar a cobertura vacinal. “Ambas as campanhas serão focadas em crianças de seis meses a menores de cinco anos de idade, visando otimizar questões operacionais dos serviços de vacinação nos estados e municípios e reduzir o risco de complicações e óbitos para a influenza nesta faixa etária”, disse a pasta em nota.

Como ocorrerá a vacinação contra a gripe e quem poderá se imunizar

A campanha nacional ocorrerá em duas etapas. Dessa forma, na primeira, entre os dias 4 de abril e 2 de maio, serão vacinados idosos com 60 anos ou mais e trabalhadores da saúde. Na sequência, ou seja, na segunda etapa – que vai de 3 de maio a 3 de junho – tem como público-alvo:

  • Crianças de 6 meses até 4 anos, 11 meses e 29 dias;
  • Gestantes e puérperas;
  • Povos indígenas;
  • Professores;
  • Pessoas com comorbidades;
  • Pessoas com deficiência permanente;
  • Membros de forças de segurança e salvamento e das Forças Armadas;
  • Caminhoneiros e trabalhadores de transporte coletivo rodoviário de passageiros urbano e de longo curso;
  • Trabalhadores portuários;
  • Funcionários do sistema prisional;
  • Adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade sob medida socioeducativa
  • Pessoas privadas de liberdade.

Vacinação contra gripe incluirá nova cepa

Ainda de acordo com a pasta comandada por Marcelo Queiroga, 80 milhões de doses da vacina Influenza trivalente estarão disponíveis no Sistema Único de Saúde (SUS). O imunizante será produzido pelo Instituto Butantan e garantirá eficácia contra as novas cepas, como H1N1, H3N2 e tipo B, por exemplo.

No caso das crianças de 6 meses a menores de 5 anos que já receberam ao menos uma dose da vacina Influenza ao longo da vida, deve-se considerar o esquema vacinal com apenas uma dose em 2022. No entanto, para as crianças que serão vacinadas pela primeira vez, a orientação é agendar a segunda aplicação da vacina contra gripe para 30 dias após a primeira dose.

Leia mais: Agende sua vacina contra a gripe

Fonte: Jornal Folha de São Paulo.

Sobre o autor

Fernanda Lima
Jornalista e Subeditora da Vitat. Especialista em saúde

Leia também:

Por quanto tempo tomar glutamina
Alimentação Bem-estar Saúde

Por quanto tempo devo tomar glutamina?

Veja recomendações importantes sobre o consumo prolongado

Alimentação e hipertensão
Alimentação Bem-estar Saúde

Alimentação e hipertensão: o que priorizar e o que evitar?

O ideal é utilizar temperos naturais, como ervas e especiarias. Veja outras dicas

check-up ginecológico
Bem-estar Saúde

Check-up ginecológico: quais exames a mulher deve realizar anualmente?

A rotina de exames permite diagnóstico rápido para diversas doenças, ampliando as chances de um tratamento eficaz