Como fazer o frango perfeito

13 de novembro, 2019

O frango é uma proteína magra e versátil e, por isso, geralmente está presente no cardápio de quem busca emagrecer. Aprenda os métodos e truques para fazer o frango perfeito e não enjoar dessa proteína.

Está enganado quem pensa que o sabor dessa ave não pode ser ousado. Você pode prepará-la inteiro ou em partes, e o seu gosto pode estar no mesmo nível de carnes de porco ou caça.

Pré-cozimento

Para ter um bom resultado, você deve se atentar ao processo de preparação, que começa muito antes de cozinhar. O primeiro passo é comprar o corte certo, ou seja, cortes com osso ou cortes desossados de acordo com a sua receita.

Leia também: Como preparar arroz soltinho

Após isso, é importante retirar a proteína da geladeira para alcançar a temperatura ambiente até a hora de cozinhar (inteiro deve ser retirado uma hora antes; outros cortes pelo menos com 30 minutos de antecedência).

Agora é a hora do sal. Na noite anterior ou na manhã do dia que for cozinhar, adicione sal ao frango para que o tempero fique mais acentuado.

Frango assado

O frango assado é um prato muito saboroso. Para fazer, você deve começar limpando o frango por dentro. Em seguida, recheie-o com temperos a gosto. É possível usar alecrim, alho ou limão. Massageie a pele com azeite e adicione sal e pimenta.

Frango assado com batatas é uma combinação imbatível. Você pode assar um frango inteiro em uma panela de ferro e adicionar batatas, o resultado será um prato muito saboroso.

Se preferir, pode assar alguns cortes, como as coxas e sobrecoxas em assadeiras. Atente-se para o tempo de forno para ter um frango com pele crocante e com coloração dourada. A dica de ouro é posicionar os cortes com uma certa distância entre eles para que o cozimento seja perfeito.

Além disso, se decidir assar com legumes, deve ficar atento ao tempo de cozimento para retirá-los antes. Os legumes podem trazer umidade e atrapalhar o resultado de uma pele de frango crocante. Também dá para colocar alho picado sobre a pele do frango. Ele se fundirá sobre a gordura derretida e trará mais sabor ao prato.

Refogar

Esse método é mais rápido do que assar. Porém, alguns cortes podem ser difíceis de cozinhar por completo, como as asas. Os cortes mais apropriados são as coxas e o peito.

A panela ideal é a de ferro. Use manteiga ou óleo de girassol, o azeite pode queimar se você não tiver o controle do fogo. A manteiga adiciona um sabor especial ao frango, assim como alguns dentes de alho.

Para preparar um peito de frango refogado, comece batendo com um amaciador de carne. Isso proporcionará um cozimento mais rápido e uniforme.

Frango grelhado

Esse processo pode parecer simples e fácil, mas algumas dicas devem ser lembradas. Para realçar o sabor é indicado marinar o seu filé. A marinada torna a carne muito mais suculenta e saborosa. O corte deve ser fino, para grelhar por inteiro. Evite cortes altos.

Sobre o autor

Lorena Rocha
Lorena Rocha
Estagiária de receitas do Cuidaí