Como barrar os pensamentos negativos

28 de janeiro, 2020

Quantas vezes você não teve pensamentos negativos durante o dia? Nem sempre conseguimos nos livrar de ser pessimista, sentimento que pode aparece por decorrência de uma notícia, um fato ou algum medo. 

Preocupações diárias e subconscientes ocasionalmente se acumulam e confundem a mente. Consequentemente, esses pensamentos acabam sendo exaustivos. 

Sendo assim, saiba como abrir espaço para coisas mais importantes, barrar essa sensação e parar de ter pensamentos negativos.

Leia também: Saúde emocional: O que é e como cuidar da sua

Você pensa muito no passado 

Qualquer situação que aconteça no passado e que afete o presente de alguma forma pode causar uma preocupação excessiva – e desnecessária. Assim, expressar seus sentimentos de mágoa pode ajudá-lo a liberar rancor e seguir em frente. Se você está evitando um confronto, pode ser porque você não espera receber o pedido de desculpas que merece. Há outra opção: rascunhe uma carta e depois jogue-a fora.

Leia também: Como aumentar a autoconfiança

A parte emocionalmente carregada do cérebro que precisa de fechamento não se importa se a outra pessoa está ouvindo ou não. Então, escrever os sentimentos pode ajudar.

Você sempre espera o pior cenário

Se você é aquela pessoa que já espera que algo vá dar errado, pare. Pois esse tipo de pensamento o leva a gastar seus recursos mentais, e se preocupar com possíveis armadilhas que podem criar um espiral de negatividade difícil de controlar. 

Tente imaginar o pior cenário possível e faça um plano de ação. Saber que você realmente pode lidar com um resultado temido pode torná-lo menos assustador. 

Você pode ter síndrome do impostor

A síndrome do impostor acontece quando você não está convencido de que merece seu sucesso de nenhuma maneira, e não confia em seus instintos. 

É importante sempre lembrar que você é humano e comete erros como qualquer um. Então, verifique a realidade de seus pensamentos negativos sobre suas habilidades e realizações. No entanto, se isso for um sentimento constante e que está afetando o dia a dia, o ideal é procurar ajuda de um profissional. 

Você está em uma dieta rigorosa

Diminuir as calorias, carboidratos e gramas de gordura da sua dieta pode ajudá-lo a emagrecer. Mas você também pode criar uma obsessão com a comida. 

Leia também: A importância dos pensamentos em nossas ações e emoções

Considere mudar para um plano de alimentação saudável mais sustentável. E quando sentir pensamentos autocríticos surgirem, use-os para cultivar gratidão. Por exemplo, você pode dizer: “Eu não amo a aparência das minhas pernas, mas eu as aprecio porque elas me deixam correr tranquilamente.”

Sobre o autor

Julia Moraes
Julia Moraes
Jornalista e repórter da Vitat. Especialista em fitness, saúde mental e emocional.