Carne vermelha ou branca: qual a melhor opção para a saúde?

3 de março, 2021

Entre a carne vermelha ou a branca, qual é mais saudável? Isso depende. A carne vermelha inclui a carne bovina, suína, de cordeiro, de carneiro, de cavalo e outras. No caso da branca, é considerada a carne de peixe, de pato, de peru, de frango e de ganso. Mas, afinal, qual dos dois tipos é melhor para a saúde?

Carne vermelha ou carne branca: Qual é melhor?

Carne vermelha

Seja acompanhando o clássico arroz com feijão, no churrasco do fim de semana ou na hora do lanche, a carne vermelha é uma das fontes de proteína mais famosas nas mesas brasileiras. A princípio, a carne vermelha é geralmente considerada “mais pesada”, pois contém maior quantidade de gordura e é mais calórica. No entanto, isso varia segundo o tipo de carne, seu tipo de corte e outros fatores. Por exemplo, o patinho, um tipo de carne bovina, é menos gorduroso do que a picanha, que é outro corte de carne bovina. Outros tipos de carne bovina menos gordurosos são também a maminha e o coxão mole. Assim como a carne branca, a vermelha é rica em proteínas. Além disso, é fonte de minerais – em especial o ferro, que previne a anemia, e o zinco – e algumas vitaminas, como as do complexo B.

De acordo com o Ministério da Saúde, o recomendável é ingerir entre 300 g e 500 g de carne vermelha por semana.

Leia mais: Afinal, carne vermelha faz bem ou mal?

Carne branca

No caso da carne branca, ela é de forma geral menos calórica, menos gordurosa e, por isso, considerada “mais leve”. Porém, “carne branca” é um termo abrangente e elas se diferenciam entre si. Por exemplo, a carne de peixe é uma excelente fonte de gordura boa (ácidos graxos) se comparada às outras. No caso do salmão, ele é uma fonte de ômega-3 e ômega-6, assim como a sardinha e o atum. Ainda, o salmão é rico em antioxidantes, como a astaxantina. Diferentemente, o frango, que também é uma carne branca, não é tão rico em gorduras boas, mas é uma grande fonte de proteína.

Leia também: Frango tem hormônio: Mito ou verdade? Entenda

Quais carnes devo evitar?

Na realidade, nem a carne branca ou vermelha são contraindicadas. Porém, o consumo de ambas deve ser moderado. Ou seja, elas não devem ser a base de uma dieta, mas parte dela. No entanto, carnes processadas (presunto, salsicha e mais), por exemplo, não são recomendáveis e seu consumo deve ser mínimo. Nesse caso, o perigo está na grande quantidade de sódio e gorduras saturadas desses produtos, que podem causar câncer e doenças do coração.

O mesmo vale para as carnes mais gordurosas, que devem ser consumidas com moderação. Como, por exemplo:

  • Picanha
  • Costela
  • Fígado
  • Rins
  • Coração
  • Intestino

Isso se deve à quantidade elevada de colesterol presente nos lipídeos da carne. Então, dê preferência às partes mais magras, entre elas patinho, músculo, lagarto e filé mignon. Por fim, o ideal é preparar a carne na panela, ou seja, pelo cozimento, utilizando pouco ou nenhum óleo, se possível.

Leia mais: Alimentos embutidos: O que são e como são feitos

Sobre o autor

Nathália Lopes
Nathália Lopes
Estagiária de Jornalismo