Arthur Aguiar já usou remédios para emagrecer. Saiba os riscos

Alimentação Bem-estar
18 de Abril, 2022
Arthur Aguiar já usou remédios para emagrecer. Saiba os riscos

Recentemente, Maíra Cardi declarou que seu marido, Arthur Aguiar, emagreceu cerca de 9 quilos antes de entrar no BBB 22 com a ajuda de um dos seus programas de perda de peso. Contudo, antes de recorrer à esposa, o ator e cantor teria tomado medicamentos para atingir o objetivo sob a recomendação de um nutrólogo, o que colocou a sua vida em risco.

A empresária disse que exporia o profissional justamente porque ele não foi cuidadoso com Arthur. “Ele não foi nem um pouco cuidadoso quando colocou a vida do meu marido em risco. Não foi nem um pouco cuidadoso quando falou sobre mim e a minha equipe”, afirmou em suas redes sociais.

“Muito cuidado com médicos milagrosos, e dietas que se comem pão e açúcar prometendo perda de peso rápido! Tudo na vida tem um preço, e normalmente o preço é a nossa vida! Para mim o nome disso é pilantragem”, escreveu a empresária em seguida.

Arthur Aguiar emagreceu cortando pão?

Logo no início da temporada atual do reality show, Maíra Cardi fez uma brincadeira nas redes sociais ao ver seu marido comendo pão. Em tom de ironia, ela disse que se sentia “traída”, e que todo o trabalho para esculpir o corpo do amado teria sido em vão — tudo por causa do alimento tão tradicional na cultura brasileira. Assim, a fala logo levantou discussões na internet, e muitos criticaram a espécie de “terrorismo nutricional” incentivada pela influenciadora.

Leia também: Dieta de Arthur Aguiar no BBB 22 acende alerta para fome emocional

Remédios para emagrecer: ressalvas

Médicos e especialistas costumam indicar os remédios para emagrecer somente quando as intervenções convencionais (mudanças na alimentação e no estilo de vida) não funcionam. “Se após a fase inicial, os resultados forem insatisfatórios e o paciente ainda se enquadrar como obesidade (segundo os padrões da Organização Mundial da Saúde), a ingestão dos remédios é uma alternativa válida, desde que haja acompanhamento médico e realização periódica de exames”, explica a endocrinologista Glauce Duarte, formada pela Universidade de Campinas (UNICAMP).

“É fundamental a participação do nutricionista para estabelecer limites, organizar as refeições e ajudar na reeducação alimentar, preservando a saúde do paciente”, complementa a nutricionista Bianca Batista, de São Paulo.

Geralmente, os medicamentos são recomendados para indivíduos com índice de massa corporal (IMC) igual ou maior que 30; ou, então, pessoas com IMC igual ou maior que 25 e com a presença de alguma doença associada à obesidade — diabetes tipo 2, por exemplo. O que não era o caso de Arthur Aguiar.

Isso porque os remédios para emagrecer podem gerar efeitos colaterais nada agradáveis, como:

  • Irritabilidade;
  • Depressão;
  • Ademais, taquicardia;
  • Aumento da pressão arterial;
  • Diarreia;
  • Por fim, dores estomacais e indigestão.

Sobre o autor

Redação
Todos os textos assinados pela nossa equipe editorial, nutricional e educadores físicos.

Leia também:

benefícios da banana
Alimentação Bem-estar Saúde

10 benefícios da banana que provavelmente você não conhece (mais receitas)

A banana é amiga do intestino, além de ser eficiente na prevenção de cãibras. Veja outros benefícios da fruta!

mulher fazendo o exercício peck deck na academia
Bem-estar Movimento

Peck deck (voador): o que é, para que serve e como fazer o exercício

Entenda quais músculos o peck deck aciona, como executar corretamente e quais exercícios podem substituí-lo nos dias mais cheios da academia

perda muscular
Bem-estar Movimento Saúde

Perda muscular compromete a recuperação do paciente  

A sarcopenia, a perda de massa muscular e da força, aumenta o risco de complicações em diversos quadros