Whey protein: suplemento pode prender ou soltar o intestino?

Alimentação Bem-estar
07 de Fevereiro, 2024
Whey protein: suplemento pode prender ou soltar o intestino?

Seja para emagrecer ou ganhar massa magra, o whey protein é uma excelente pedida para alcançar a quantidade de proteínas diária. Não à toa, a praticidade e gosto agradável fazem do suplemento um queridinho, especialmente para quem pratica atividades físicas. Mas será que o whey protein pode interferir no funcionamento do intestino? Veja a seguir. 

Afinal, whey prende ou solta o intestino?

A função principal do whey protein é suplementar proteínas, que desempenham muitos papéis no organismo e na saúde como um todo. Alguns deles são: reparação muscular, melhorar o sistema imunológico, otimizar o metabolismo e promover a saciedade. 

Porém, até o momento, não existem comprovações que mostrem que o suplemento seja capaz de prender ou soltar o intestino. Pelo contrário, na verdade, o whey pode proteger as bactérias boas do intestino e evitar problemas inflamatórios, segundo um estudo publicado pela UNICAMP – Universidade Estadual de Campinas. Porém, outras condições relacionadas ao whey podem ter efeito no sistema digestivo. 

Veja também: Tomar whey protein sem treinar engorda ou faz mal à saúde?

Além do whey protein 

Se o whey não pode interferir diretamente no funcionamento do intestino, é importante se atentar a outras condições relacionadas ao consumo do suplemento que podem prejudicar o intestino, como, por exemplo, a intolerância à lactose. 

Boa parte dos suplementos whey é feito a partir da proteína do leite, por isso, pessoas com intolerância à lactose (que apresentam uma redução na produção da lactase) podem sentir sintomas típicos. Alguns deles são: diarreia, náuseas, sensação de estufamento e gases. 

Felizmente existem diversas opções de whey sem lactose no mercado, então, se esse é o seu caso, vale discutir uma substituição com o seu nutricionista. Outro ponto é trocar o leite comum por água ou outros tipos de leite, como soja, nozes, amêndoas, caju etc. 

O whey protein tem diversas variações disponíveis no mercado que vão além dos sabores, como por exemplo versões concentradas, isoladas, concentradas e hidrolisadas. Cada um serve para características pessoais. Por isso, é essencial buscar ajuda de um nutricionista para escolher o suplemento adequado pra você, considerando também, é claro, a presença de alergias ou intolerâncias.

Alimentos que afetam a saúde intestinal

Para além do whey protein e da intolerância à lactose, a alimentação está diretamente relacionada ao funcionamento do intestino. Portanto, alguns alimentos possuem uma ação mais efetiva no organismo e devem ser evitados ou consumidos em menor quantidade. Veja a seguir quais são eles:

Alimentos que soltam o intestino

Por outro lado, também existem itens que podem contribuir com a saúde intestinal, como por exemplo:

Benefícios do whey protein

O whey é excelente para ajudar indivíduos que têm dificuldades em bater a média de proteínas através da alimentação. Principalmente quando não for possível seguir um cardápio variado, com fontes do nutriente em todas as refeições.

Embora o suplemento seja amplamente utilizado por pessoas que praticam atividade física, seus benefícios não se restringem a esse público. O whey também pode beneficiar adultos saudáveis e sem alergias (que treinam ou não), idosos, pessoas com deficiência de proteína ou pessoas com comorbidades que resultem em perda de massa muscular. Ou seja, a bebida é democrática e acessível para a maioria das pessoas e ainda conta com versões para alérgicos à proteína do leite.

“O whey protein nada mais é do que a proteína do soro do leite desidratada e saborizada, sendo assim deve ser encarado como mais um alimento e não apenas um suplemento” — aponta o nutricionista Lucas Peralles. Mas, não custa reforçar: fale com um profissional de saúde para avaliar se o consumo faz sentido para você!

Fonte: 

– Lucas Peralles, nutricionista do Instituto Rana Saleh e especialista em Bodybuilding Coach e Nutrição Comportamental

Sobre o autor

Redação
Todos os textos assinados pela nossa equipe editorial, nutricional e educadores físicos.

Leia também:

Mesa flexora e cadeira flexora
Bem-estar Movimento

Mesa flexora e cadeira flexora: quais as diferenças e qual é a melhor?

Quem pratica musculação em academias, provavelmente vai se deparar com dois exercícios muito comuns no “leg day”: mesa flexora e cadeira flexora. Além do nome parecido,

Endometriose e saúde mental
Bem-estar Equilíbrio Saúde

Endometriose e saúde mental: como cuidar de si mesma?

Desconfortos podem causar uma série de desafios emocionais, por isso é importante cuidar da saúde mental

escolher travesseiro
Bem-estar Saúde Sono

Saiba o que é importante na hora de escolher o melhor travesseiro

Aprenda a escolher o melhor produto para dormir melhor