Receitas de vitaminas anabólicas pós-treino para ganhar massa muscular

Alimentação Bem-estar
14 de Setembro, 2022
Receitas de vitaminas anabólicas pós-treino para ganhar massa muscular

Para ganhar massa muscular, é preciso muita dedicação aos treinos. Contudo, outros fatores também são igualmente importantes — e um deles você já deve saber: a alimentação. Para que o organismo consiga construir músculos de forma eficiente, a dieta deve ser nutritiva e caprichada em calorias. E se você tem dificuldade em escolher o que comer depois do treino, as vitaminas anabólicas podem ser opções práticas e rápidas de consumir!

Leia também: Café da manhã para hipertrofia: afinal, o que comer?

Como funciona uma dieta para ganhar massa muscular?

Para que o volume de massa muscular aumente, é essencial, além dos treinos, consumir mais calorias do que gastamos diariamente. Isso porque a hipertrofia acontece da seguinte maneira: os exercícios (principalmente os de força e resistência) provocam microlesões nas fibras musculares.

Durante o descanso, o corpo se regenera, e é nesse processo que os músculos se desenvolvem (tanto em volume, quanto no número de células). Mas para que essa etapa seja bem sucedida, temos que oferecer ao organismo nutrientes suficientes — como proteínas, que farão parte da construção das fibras, e carboidratos, que garantirão energia).

Por isso, apesar de contar com porções bem generosas, uma dieta para ganhar massa muscular ainda precisa ser saudável, rica em fibras, vitaminas e minerais, e pobre em ultraprocessados. É aí que entram as vitaminas anabólicas!

Por serem líquidas, elas contam com a vantagem de serem práticas — você pode ingeri-las rapidamente entre um compromisso e outro. Além de carregarem nutrientes essenciais para ajudar com o objetivo da hipertrofia! Confira algumas receitas:

Leia também: Afinal, como perder gordura da barriga até o final do ano?

Receitas de vitaminas anabólicas

Opção vegana

vitaminas anabólicas

Ingredientes:

Modo de preparo:

Bata tudo no liquidificador e beba em seguida.

Vitaminas anabólicas: banana e frutas vermelhas

vitaminas anabólicas

Ingredientes:

  • 1 banana;
  • 1 scoop de whey protein sabor baunilha;
  • 1 polpa de frutas vermelhas;
  • 2 colheres de sopa de aveia.

Modo de preparo:

Bata tudo no liquidificador e beba em seguida.

Sabor abacate

vitaminas anabólicas

Ingredientes:

  • 1 xíc (chá) de leite de amêndoas;
  • 1/4 abacate descascado, sem caroço e cortado;
  • 1 banana pequena cortada;
  • 1 scoop de whey protein sabor baunilha.

Modo de preparo:

Bata tudo no liquidificador e beba em seguida.

Vitaminas anabólicas: receita funcional

Ingredientes:

  • 1/2 unidade de abacate;
  • 1/2 unidade de mamão papaia;
  • Uma banana nanica;
  • Dois copos de leite desnatado;
  • 1/2 colher (sopa) de sementes de chia;
  • 1/2 col (sopa) de sementes de linhaça;
  • 2 col (sopa) de aveia em flocos.

Modo de preparo:

Bata tudo no liquidificador e beba em seguida.

Alternativa refrescante

Ingredientes:

  • 2 col (sopa) de abacate;
  • Suco de 1 laranja;
  • 1 col (sobremesa) de chia ou linhaça;
  • Gelo;
  • Água gelada (aproximadamente 100ml);
  • 1 scoop de whey protein sabor baunilha.

Modo de preparo:

Bata tudo no liquidificador e beba em seguida.

Sobre o autor

Redação
Todos os textos assinados pela nossa equipe editorial, nutricional e educadores físicos.

Leia também:

poke é saudável
Alimentação Bem-estar

Poke é saudável? Veja dicas na hora de consumir

Veja dicas de alimentos que não vão interferir no seu objetivo, seja emagrecer ou ganhar massa magra

mulher se consultando com um médico
Bem-estar Saúde

Preparação para a bariátrica vai além dos exames e envolve mudanças de vida

Antes de entrar no centro cirúrgico, o candidato à cirurgia bariátrica percorre um caminho de preparação que promete mais do que a perda de peso: uma

tempo em frente às telas
Alimentação Bem-estar Equilíbrio Saúde

Maior tempo em frente às telas está associado à piora da dieta de adolescentes

Pesquisa brasileira avaliou dados de 1,2 mil adolescentes e constatou que a maioria gasta mais de 2 horas de tempo em frente as telas