Uretrite: o que é, sintomas e tratamento

Saúde
10 de Outubro, 2022
Uretrite: o que é, sintomas e tratamento

A uretrite é uma inflamação ou infecção na uretra – canal que leva a urina para fora do corpo e, no caso dos homens, o sêmen também –, gerada normalmente por alguma bactéria ou pela presença de um corpo estranho no sistema urinário.

Capaz de afetar tanto homens quanto mulheres, o quadro pode ser facilmente tratado e curado quando se tem um diagnóstico precoce. Contudo, em casos de tratamento tardio, ele pode resultar na disseminação da infecção e em diversas complicações para a saúde, incluindo a infertilidade.

Saiba a seguir tudo sobre a doença.

Causas da uretrite

A uretrite pode surgir por meio de agentes bacterianos e virais, de lesões e traumas ou, ainda, de forma mais frequente através de infecções sexualmente transmissíveis (IST), em especial a gonorreia ou a clamídia.

Assim, a doença é dividida em dois tipos:

  • Uretrite gonocócica

Trata-se da infecção gerada pela bactéria da gonorreia. Sendo assim, é comum que ambas as condições possam acontecer de forma simultânea.

Leia também: Gonorreia: saiba tudo sobre a infecção sexualmente transmissível

  • Uretrite não-gonocócica

Causada a partir da infecção por outras bactérias, como a da clamídia e a da E. coli – esta transmitida através do contato direto com animais, humanos e alimentos contaminados.

Além disso, o quadro também pode ocorrer por causas não infecciosas, incluindo as virais, transmitidas pelo papiloma vírus humano (HPV), pelos vírus do herpes simples e citomegalovírus.

Leia também: HPV em homens: doença pode levar a alguns tipos de câncer

Sintomas da infecção

De acordo com o urologista Alex Meller, é possível citar três principais sintomas da uretrite gonocócica para ambos os sexos: a ardência para urinar, a dor na região da uretra e o corrimento uretral. Já em casos mais raros, também pode ocorrer um pouco de sangramento.

A uretrite não-gonocócica, por sua vez, costuma ser assintomática e, portanto, não manifesta os incômodos notados no outro tipo da infecção.

Veja abaixo os sintomas mais comuns, separados por tipo de uretrite:

Uretrite gonocócica

  • Dificuldade e ardor ao urinar;
  • Corrimento amarelo e esverdeado, em grande quantidade e com mau cheiro vindo da uretra;
  • Vontade de urinar com frequência, mas com pouca quantidade de urina.

Leia também: Infecção urinária: o que é, causas, sintomas e como tratar

Uretrite não-gonocócica:

  • Coceira na uretra;
  • Ardor ao urinar;
  • Pouco corrimento esbranquiçado, que se acumula após urinar;
  • Discreta dificuldade em urinar.

Leia também: Médicos explicam se ter sangue na urina é ou não um sinal de alerta

Diagnóstico

Tanto o urologista quanto o ginecologista podem fazer o diagnóstico clínico, a partir de uma avaliação dos sintomas do paciente. É comum, ainda, que o médico peça algum exame auxiliar para pesquisar os tipos de bactérias.

Normalmente, os testes solicitados são:

  • Exame de urina

Feito com o primeiro jato de urina do dia, ele pode confirmar o processo inflamatório e identificar qual é a bactéria que está causando a uretrite;

Leia também: Exame de urina: para que serve, preparo e resultados

  • Análise das secreções

Feito a partir de uma amostra da secreção – coletada com uma haste com ponta macia inserida na extremidade da uretra –, o exame serve para descobrir a bactéria sexualmente transmissível que provocou o problema.

Leia também: Quantas vezes devemos fazer xixi ao longo do dia?

Complicações da uretrite

Quando não tratada ou tratada da forma errada, a doença pode ficar mais grave e causar o estreitamento da uretra, chamado estenose. Este, por sua vez, aumenta o risco de infecções na bexiga ou nos rins.

Em casos do tipo gonocócico, é importante ainda que seja feito o tratamento para a gonorreia.

O cuidado é importante porque a IST pode levar a um acúmulo de pus em volta da uretra, capaz de gerar pequenas bolsas na parede da uretra (divertículos), que também podem deixá-la infectada.

Com isso, se o pus perfurar a pele, a vagina ou o reto, a urina pode fluir por um local anormal criado recentemente, causando ainda mais problemas para a saúde.

Leia também: Infecções Sexualmente Transmissíveis: o que são as ISTs e como se proteger delas?

Como prevenir a uretrite

Para evitar o contágio da infecção, é preciso que tanto os homens quanto as mulheres procurem manter as visitas ao urologista e ginecologista, pois apenas por meio das avaliações médicas é que será possível identificar a uretrite e evitá-la.

Se houver presença de corrimento vaginal ou sintomas de doenças como vaginite, ou ainda se não há um parceiro fixo na relação, outra estratégia necessária é usar preservativos para prevenir a contaminação.

Vale ressaltar que além de evitar as relações sexuais desprotegidas, outras ações podem ajudar a prevenir o quadro:

  • Sempre urinar logo após o sexo;
  • Ingerir ao menos dois litros de água por dia;
  • Evitar o uso de espermicidas e cremes anticoncepcionais.

Leia também: Urologista: homens vão a consultas seis vezes menos que as mulheres ao ginecologista

Tratamentos para a uretrite

O tratamento da uretrite costuma ser feito de acordo com a causa que provocou o problema, por meio de terapia com antibióticos prescritos pelo médico para combater a bactéria encontrada nos exames solicitados.

Já nos casos em que o agente causador ainda não foi identificado, é possível fazer uso de antibiótico de amplo espectro, ou seja, medicação que consegue ter penetração na maior parte das bactérias.

Vale ressaltar ainda que a pessoa com quem o paciente mantém relações sexuais também deve fazer o mesmo tratamento indicado pelo médico, a fim de evitar uma nova infecção. Por fim, os sintomas da uretrite causada por lesões costumam desaparecer naturalmente após a suspensão do que causou a inflamação.

Fonte: Dr. Alex Meller, urologista da Unifesp e do Hospital Israelita Albert Einstein, de São Paulo.

Sobre o autor

Redação
Todos os textos assinados pela nossa equipe editorial, nutricional e educadores físicos.

Leia também:

Ozempic e anticoncepcional
Saúde

Ozempic pode cortar o efeito do anticoncepcional? Médica explica

Nas redes sociais, não faltam relatos sobre o efeito do Ozempic no aumento da fertilidade

Chá de erva baleeira
Alimentação Bem-estar Saúde

Chá de erva baleeira emagrece? Veja benefícios e como fazer

A erva é eficaz em tratamentos de reumatismo, gota, dores musculares e até úlceras; saiba mais

mulher sentada na mesa da cozinha com remédios para gripe na sua frente
Saúde

Queda na temperatura exige cuidados com a saúde. Confira

Neste fim de semana, o frio vai estar presente em diversas capitais. Queda na temperatura pede alguns cuidados com a saúde respiratória