Uretrite: o que é, sintomas e tratamento

13 de maio, 2022

Desencadeada por agentes infecciosos, a uretrite é uma inflamação na região da uretra. Normalmente, ela aparece devido a uma bactéria. Mas, ela também pode surgir na presença de um corpo estranho no sistema urinário.

Há também casos em que a uretrite acontece por conta de uma infecção urinária que não necessariamente esteja na uretra. Mas sim em outros órgãos próximos, e que acaba incomodando ou gerando algum sintoma recorrente.

Causas

A uretrite pode ser transmitida durante uma relação sexual. Especialmente em casos em que há a presença de uma bactéria do tipo gonococo. Ou seja, ela é a responsável pelo quadro de gonorreia. Por isso, é comum que ambas as condições possam ocorrer de forma simultânea.

Contudo, outras bactérias e, em casos mais raros alguns fungos, também são causadores da condição. As mais famosas podem incluir a de Chlamydia trachomatis (a clamídia) e a Ureaplasma urealyticum, que são precursoras de Doenças Sexualmente Transmissíveis (DSTs).

Por fim, existem ainda bactérias do intestino como a E. coli que também desencadeiam sintomas de uretrite quando a ureia entra em contato com elas. 

Sintomas de uretrite

É possível citar três principais sintomas decorrentes dessa condição. Ou seja, a ardência para urinar, a dor na região da uretra e o corrimento uretral. Entretanto, em casos mais raros, pode aparecer um pouco de sangramento.

Além disso, tais sinais podem ser recorrentes em qualquer pessoa que tenha vida sexual ativa, pois as bactérias são capazes de estar de forma assintomática nos órgãos genitais. 

Diagnóstico

Para saber se o paciente está com um caso de uretrite, o urologista pode realizar um diagnóstico clínico, com uma avaliação dos sintomas. Mas, como exame auxiliar, ele pode recomendar uma análise para pesquisar as bactérias. 

Outro exame que ajuda é o de urina, só que ele precisa ser realizado com o primeiro jato que passa pela uretra. Somente dessa forma será possível observar no exame laboratorial a cultura dessa urina para encontrar a bactéria.

Leia também: Quantas vezes devemos fazer xixi ao longo do dia?

Uretrite: tratamento e prevenção

O tratamento da uretrite costuma ser feito por meio de terapia com antibióticos, que vai de acordo com a bactéria encontrada. Em casos em que o agente causador não foi identificado ainda, é possível fazer um procedimento antibiótico de amplo espectro, ou seja, que consegue ter penetração na maior parte das bactérias. 

E para prevenir o problema de saúde, é preciso que tanto os homens quanto as mulheres procurem realizar visitas periódicas ao urologista e ginecologista, respectivamente. Apenas por meio das avaliações médicas é possível identificar a condição e evitá-la. 

Se houver presença de corrimento vaginal ou sintomas de doenças como vaginite, ou ainda se não há um parceiro fixo na relação, outra estratégia necessária é usar preservativos para prevenir a contaminação.

Fonte: Dr. Alex Meller, urologista da Unifesp e do Hospital Israelita Albert Einstein.

Sobre o autor

Redação
Redação
Todos os textos assinados pela nossa equipe editorial, nutricional e educadores físicos.