A importância do sono para ficar com o corpo em forma

24 de janeiro, 2020

O sono é muito importante para ter uma vida saudável. Existem inúmeros benefícios para quem consegue dormir de 7 a 8 horas por noite. 

Além disso, o exercício físico também está relacionado ao sono. Ao adormecer, você aumenta a qualidade da atividade física e proporciona mais disposição e humor para encarar o treino. 

O sono controla a sua dieta

Não dormir o suficiente – menos de oito horas de sono por noite – pode reduzir e desfazer os benefícios da dieta, de acordo com uma pesquisa publicada na revista acadêmica Annals of Internal Medicine. No estudo, voluntários foram colocados em diferentes horários de sono. Quando seus corpos descansavam adequadamente, metade do peso que perdiam era apenas de gordura. 

Leia também: Comer antes de dormir engorda?

No entanto, ao diminuir as horas de sono, a quantidade de gordura perdida foi reduzida pela metade, mesmo que eles estivessem na mesma dieta. Eles se sentiram significativamente mais famintos, ficaram menos satisfeitos após as refeições e não tinham energia para se exercitar. No geral, aqueles em uma dieta privada de sono experimentaram uma redução de 55% na perda de gordura em comparação ao seus colegas que estavam bem descansados.

A falta de descanso faz você desejar comida 

Muitos acreditam que a fome está relacionada à força de vontade e a aprender a controlar o estômago. Entretanto, ao contrário desse pensamento, a fome é controlada por dois hormônios: leptina e grelina. 

Leia também: Dicas para acabar com a insônia e dormir melhor

A leptina é produzida nas células adiposas. Quanto menos leptina você produz, mais seu estômago se sente vazio. Quanto mais grelina é produzida, mais estimula a fome e reduz a quantidade de calorias que queima, aumentando a gordura armazenada.

Uma pesquisa publicada no Journal of Clinical Endocrinoloy and Metabolism descobriu que dormir menos de seis horas aciona a área do cérebro que aumenta sua necessidade de comida, além de diminuir a leptina e estimular a grelina.

Da mesma maneira, quando você não dorme o suficiente, seus níveis de colesterol aumentam. Além disso, a falta de sono também levar na direção dos alimentos que você sabe que não deve comer (doces, frituras e industrializados).

Sabotagens do sono na hora da academia

Os impactos da falta de sono se espalham além da dieta, e vão para os seus treinos. Dessa forma, seu corpo se recupera dos exercícios com mais dificuldade, o que diminui a produção do hormônio do crescimento, sua fonte natural de anti-envelhecimento e queima de gordura.

Sobre o autor

Julia Moraes
Julia Moraes
Estagiária de Jornalismo