Síndrome de Angústia Respiratória do Adulto: o que Isabel Salgado tinha?

Saúde
16 de Novembro, 2022
Síndrome de Angústia Respiratória do Adulto: o que Isabel Salgado tinha?

Uma das maiores referências do vôlei brasileiro, Maria Isabel Barroso Salgado, a Isabel, morreu nesta quarta-feira no hospital Sírio-Libanês em São Paulo. Aos 62 anos, a ex-atleta sofria da Síndrome de angústia respiratória do adulto (SARA), uma condição rara. Entenda o que é a doença, seus sintomas e tratamentos.

Leia mais: Doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC): afinal, o que é a doença de Pedro Paulo Rangel?

O que é a Síndrome de angústia respiratória do adulto

A síndrome da angústia respiratória aguda é um tipo de insuficiência respiratória (pulmonar) cuja causa principal inclui diversas doenças que geram acúmulo de líquidos nos pulmões e redução do oxigênio no sangue a níveis excessivamente baixos. É o caso da sepse ou pneumonia, por exemplo. Outras causas incluem:

  • Inalação de conteúdo estomacal ácido para o interior dos pulmões, bem como grandes quantidades de fumaça ou outros gases tóxicos;
  • Queimaduras;
  • Complicações gestacionais, como embolia do líquido amniótico e pré-eclâmpsia, por exemplo;
  • Lesão do tórax (contusão pulmonar);
  • Afogamento;
  • Pancreatite;
  • Superdosagem de certas drogas ou medicamentos;
  • Pressão arterial baixa prolongada ou grave (choque);
  • Embolia pulmonar;
  • Acidente vascular cerebral ou convulsão;
  • Transfusões de mais de 15 unidades de sangue em um curto período de tempo.

Sintomas de SARA

Primeiramente, a Síndrome de angústia respiratória do adulto causa falta de ar. Em seguida, outros sintomas podem surgir:

  • Sons crepitantes ou chiados nos pulmões.
  • Pele manchada ou azulada (cianose);
  • Coloração cinza ou esbranquiçada na boca, ao redor dos olhos e sob as unhas, devido aos baixos níveis de oxigênio no sangue.

Além disso, outros órgãos, como o coração e o cérebro, podem funcionar mal, resultando em uma frequência cardíaca elevada, ritmos cardíacos anormais (arritmias), confusão e sonolência. A SARA normalmente se desenvolve de 24 a 48 horas após lesão ou doença original, mas pode demorar de 4 a 5 dias para ocorrer.

Diagnóstico da Síndrome de angústia respiratória do adulto

Para diagnosticar a SARA, inicialmente, o médico pneumologista irá medir os níveis de oxigênio no sangue por meio da oximetria de pulso. Dessa forma, um sensor é colocado em um dedo ou no lobo de uma orelha. O nível de oxigênio no sangue também pode ser medido por meio de uma amostra de sangue colhida de uma artéria.

Além disso, é necessária uma radiografia do tórax. Isso porque o exame indicará a quantidade de líquido nos espaços que deveriam estar preenchidos com ar. Outros exames podem ser necessários para confirmar que a insuficiência cardíaca não é a causa do problema.

Afinal, como é feito o tratamento?

Os indivíduos com SARA recebem tratamento em uma unidade de tratamento intensivo (UTI). São eles:

  • Tratamento da causa;
  • Oxigenoterapia;
  • Frequentemente, ventilação mecânica.

Dessa forma, o sucesso do tratamento depende normalmente do tratamento da doença subjacente (como a pneumonia, por exemplo). Também é fornecida oxigenoterapia, o que é vital para corrigir os níveis baixos de oxigênio.

Sem o pronto tratamento, muitas pessoas com a SARA não sobrevivem. No entanto, a depender da doença subjacente, com um tratamento adequado, a chance de cura chega a cerca de 60% a 75%.

Em geral, quem responde com rapidez ao tratamento restabelece-se por completo, quase sem alterações pulmonares de longo prazo. Porém, pessoas cujo tratamento envolve longos períodos no ventilador têm mais probabilidades de ter fibrose nos pulmões. De qualquer modo, em geral, essa fibrose pode diminuir em poucos meses após a pessoa ser retirada da ventilação. Por fim, alguns indivíduos perdem grandes quantidades de peso e de músculo durante a doença. Nesse sentido, a reabilitação no hospital pode ajudá-los a recuperar sua força e sua independência.

Leia mais: Dia Mundial da Pneumonia: afinal, porque a doença é a que mais causa óbitos em crianças?

Referências: Manual MSD.

Descubra seu peso ideal. É grátis! Saiba se seu peso atual e sua meta de peso são saudáveis com Tecnonutri.
cm Ex. 163 kg Ex. 78,6

Sobre o autor

Fernanda Lima
Jornalista e Subeditora da Vitat. Especialista em saúde

Leia também:

mulher se consultando com um médico
Bem-estar Saúde

Preparação para a bariátrica vai além dos exames e envolve mudanças de vida

Antes de entrar no centro cirúrgico, o candidato à cirurgia bariátrica percorre um caminho de preparação que promete mais do que a perda de peso: uma

tempo em frente às telas
Alimentação Bem-estar Equilíbrio Saúde

Maior tempo em frente às telas está associado à piora da dieta de adolescentes

Pesquisa brasileira avaliou dados de 1,2 mil adolescentes e constatou que a maioria gasta mais de 2 horas de tempo em frente as telas

corredor abaixado segurando a perna aparentemente com dor
Bem-estar Movimento Saúde

Será que eu estou com canelite? Médico destaca principais sinais

A condição é uma das principais preocupações entre os corredores. Ortopedista explica como identificar os sintomas característicos da canelite