Shakes para emagrecer: Cuidados na hora de consumir

Alimentação Bem-estar
28 de Outubro, 2019
Shakes para emagrecer: Cuidados na hora de consumir

Famosos entre as pessoas que desejam perder peso, os shakes causam bastante controvérsia. Afinal, será que eles podem realmente ajudar a emagrecer de forma saudável?

Essas preparações são fabricadas com doses de carboidratos, proteínas, um pouco de gordura, fibras, vitaminas e minerais. Possuem baixo teor calórico e propiciam grande sensação de saciedade. 

Segundo a nutricionista Priscilla Ceci, professora do curso de nutrição do Centro Universitário IESB, quando o objetivo é perda de peso, essas bebidas podem funcionar, assim como qualquer outra dieta que inclua restrição calórica.

No entanto, ela adverte que os shakes não devem ser usados para substituir a alimentação. “Qualquer tipo de alimentação que foge dos alimentos in natura e se aproxima dos industrializados e processados não é saudável e deve ser evitada. Devemos sempre optar por produtos que não passam por processamentos da indústria.”

Como incluir os shakes na dieta

O uso de shakes não é necessário para o emagrecimento, mas se você desejar, com o auxílio de um nutricionista, é possível incluir as bebidas no planejamento diário”, afirma Priscilla. 

Importante ressaltar que isso deve ser feito de maneira complementar às refeições. “Para emagrecer com saúde, a regra é sempre aliar alimentação equilibrada, com comida de verdade, à prática regular de atividade física.”  

Leia também: Dicas para diminuir a vontade de comer doces

A bebida pode ser usada em refeições como café da manhã, lanche ou para completar o jantar, mas não deve ser consumida mais de uma vez ao dia

Vale também ficar de olho nos rótulos desses produtos para checar sua composição – muitos costumam ter alta concentração de carboidratos e poucas proteínas, além de conservantes e outros aditivos químicos.

Priscilla faz questão de lembrar ainda que o uso prolongado de shakes pode ser prejudicial à saúde. “Já existem estudos mostrando seus malefícios. Um deles é atrapalhar a função hepática. Além disso, causa prejuízo social, pois o alimento deixa de participar da vida da pessoa.”

Sobre o autor

Redação
Todos os textos assinados pela nossa equipe editorial, nutricional e educadores físicos.

Leia também:

mulher fazendo um exercício de ombros no aparelho da academia
Bem-estar Movimento

A ordem dos exercícios no treino importa? Personal explica

Trocar a ordem dos exercícios durante o treino de vez em quando pode até não fazer diferença, mas fazer isso com frequência pode impactar os resultados

Suchá detox
Alimentação Bem-estar

Suchá detox de verão: nutricionista ensina 2 receitas para desinchar

Veja receitas com melão, abacaxi, gengibre e hortelã, além de seus benefícios

Afundo ou passada
Bem-estar Movimento

Afundo ou passada: qual é o melhor exercício para os glúteos?

Ambos os exercícios podem trazer benefícios para os membros inferiores