Óleo de monoi: Propriedades, benefícios e como usar

18 de março, 2020

O óleo de monoi é ainda desconhecido por muitas pessoas, mas seus benefícios para a beleza da pele e do cabelo devem mudar isso em breve. Extraído das pétalas da gardênia do Tahiti, é muito utilizado em infusões.

Natural da Polinésia Francesa, a flor que origina o óleo tem sido usada há muitos anos, principalmente para hidratar a pele e os cabelos. Surpreendentemente, esse óleo é extremamente similar ao óleo de coco, ou seja, possui propriedades antibacterianas e altamente gordurosas (ricas em gordura boa). 

Benefícios do óleo de monoi

Pele hidratada 

Seu uso mais comum e seu maior benefício estão ligados à aparência da pele. Nesse sentido, é ótimo para o tratamento de acne, celulite e foliculite, uma infecção de pele que se inicia nos folículos pilosos e pode ser causada por bactérias, fungos ou vírus. 

Leia também: Quer melhorar a pele? Exclua esses três alimentos da dieta

Cabelos saudáveis

Assim como o óleo de coco, é um excelente tratamento natural para a saúde e aparência dos cabelos. Dessa forma, quando aplicado sobre a raiz pode ajudar a prevenir a perda de proteínas do cabelo, nutrindo pré e pós lavagem. Ainda, ajuda no crescimento e a diminuir as pontas duplas e o frizz.

Leia mais: As melhores vitaminas para o cabelo

Poder relaxante

Não só, pode ser utilizado para fins terapêuticos, como em massagens e na aromaterapia.

Como usar o óleo de monoi

Versátil, o óleo pode ser utilizado de diversas maneiras, como: 

  • Massagens corporais;
  • Shampoo e condicionador;
  • Óleo para cutícula;
  • Creme hidratante para cabelo e pele.

Sobre o autor

Nathália Lopes
Nathália Lopes
Estagiária de Jornalismo