Novo surto de dengue no Brasil já matou mais do que em 2021; entenda

18 de abril, 2022

Um novo surto de dengue está preocupando autoridades no Brasil. Comparado com 2021, os registros da doença aumentaram em 85%, que corresponde a mais de 320 mil pessoas provavelmente infectadas até o início de abril. Além disso, o número de mortes praticamente dobrou, com 79 óbitos sobre 39 no ano passado.

A princípio, São Paulo segue com o maior índice de mortalidade, somando 29 vítimas fatais. Dessa parcela total de infectados, até então, 108.258 estão concentrados na região Centro-Oeste do Brasil. Outro sinal de preocupação está na região Sul do país, que apresentou aumento no número de casos. Por exemplo, em Santa Catarina, 26 cidades declararam estado de epidemia, enquanto outras três decretaram emergência, chegando a 198,5 casos/100 mil habitantes.

O motivo para tal surto, segundo autoridades de saúde, é que até agora o foco estava na pandemia da Covid19. Por essa razão, as pessoas podem ter negligenciado os cuidados de prevenção a outros males, sendo a dengue um deles.

Veja também: Fim da emergência Sanitária da Covid-19: o que muda?

Novo surto de dengue pode ser confundido com Covid-19

Geralmente os sintomas de ambas as doenças são muito parecidos, pois deixam as pessoas debilitadas. Por exemplo:

Porém, ao analisar as duas doenças separadamente, é possível verificar sintomas bem distintos que ajudam a percepção do médico e do paciente no diagnóstico de dengue ou Covid-19. Assim, ao notar qualquer suspeita, não se automedique e vá a um pronto socorro para identificar o que está havendo.

Como evitar a transmissão da dengue

Para evitar o contágio da dengue, que possui algumas variações, acabe com todos os focos de proliferação de ovos do mosquito Aedes Aegypti, que gosta de água parada. Portanto, recipientes vazios e guardados em locais úmidos, calhas, piscinas sem manutenção adequada, vasos de plantas e quaisquer tipos de entulho são lares em potencial para o mosquito transmissor.

Referências: Ministério da Saúde; e jornal O Globo.

Sobre o autor

Redação
Redação
Todos os textos assinados pela nossa equipe editorial, nutricional e educadores físicos.