Massagem capilar relaxa e ajuda o cabelo a crescer: conheça a técnica

Beleza Bem-estar
07 de Abril, 2022
Massagem capilar relaxa e ajuda o cabelo a crescer: conheça a técnica

Além de ajudar a relaxar a região da cabeça e eliminar as tensões do dia a dia, a massagem capilar também é uma grande aliada da saúde dos cabelos.

A técnica, que pode ser feita em casa ou por tricologistas, está ganhando cada vez mais visibilidade por oferecer benefícios que vão além do bem-estar durante e após a sessão.

Benefícios da massagem capilar

De acordo com a tricologista Viviane Coutinho, do Rio de Janeiro, a massagem capilar ajuda a promover um estímulo regenerador por toda a região da cabeça.

“A técnica possui a capacidade de aumentar o fluxo sanguíneo no couro cabeludo, aumentando também a oxigenação e estimulando os folículos, ou seja, o local onde fica a raiz do fio capilar”, explica a profissional.

Leia também: Como usar gua sha no cabelo e no couro cabeludo

Com isso, estimula-se também o crescimento mais rápido e saudável dos cabelos, além de diminuir a queda dos fios.

O benefício, inclusive, foi confirmado através de dois estudos clínicos feitos em 2019 no Japão.

No primeiro, os participantes faziam automassagens com técnicas simples no couro cabeludo por cerca de quatro minutos por dia, durante 24 semanas. O resultado observado foi o crescimento de fios visivelmente mais grossos e fortes.

Já no segundo, os voluntários massageavam suas cabeças duas vezes por dia, pela manhã e a noite. Ao fim do teste, 69% dos participantes afirmaram que a técnica reduziu a queda de cabelo e estimulou o crescimento de fios novos.

Como fazer a massagem

Para fazer uma automassagem, comece com uma pressão de “vai e vem” na cabeça com as pontas dos dedos, movimentando todo o couro cabeludo.

Na sequência, faça círculos na região das têmporas (laterais da face) com pressão moderada e, por fim, pouse as mãos em forma de concha sobre o rosto fique na mesma posição por alguns minutos, com os olhos fechados.

O ideal é que a técnica seja feita por cinco minutos, de duas a três vezes por semana, preferencialmente antes de lavar os cabelos, uma vez que a massagem tem a tendência de estimular a oleosidade na região.

Leia também: Afinal, dormir com o cabelo molhado faz mal?

Já para pacientes que prefiram aderir ao procedimento em consultório com profissionais, Viviane explica que existem quatro tipos diferentes de massagem capilar. São eles: muscular, circulatória, linfática e do sistema nervoso, realizadas na nuca, couro cabeludo e têmporas.

“Para ter os benefícios, indicamos que sejam feitas sessões semanais, por pelo menos um mês”, ela orienta.

Vale ressaltar, ainda, que a massagem é apenas uma opção entre outras possibilidades de terapia capilar.

“Entre outros métodos populares, estão o detox capilar, a aromaterapia, a argiloterapia, a alta frequência e o microagulhamento. Cada um possui sua finalidade específica”, finaliza a profissional.

Fonte: Viviane Coutinho, tricologista do Rio de Janeiro.

Proteja seus lábios no frio

Sobre o autor

Ana Paula Ferreira
Jornalista e repórter da Vitat. Especialista em beleza e bem-estar.

Leia também:

lata de leite condensado cozida aberta com abridor
Bem-estar Casa

Doce de leite na air fryer dá certo? Pode explodir?

Uma receita de doce de leite na air fryer viralizou recentemente no TikTok. Mas será que realmente dá certo? Confira

foto de folhas de citronela em uma bandeja de bambu
Bem-estar Casa Saúde

Planta citronela espanta mosquito da dengue?

A planta possui um óleo essencial desagradável para alguns insetos. Contudo, a citronela não deve ser a única estratégia para espantar o mosquito da dengue

ovo ajuda no ganho de massa
Alimentação Bem-estar

Aumentar o consumo de ovos ajuda no ganho de massa muscular?

Um adulto deve ingerir cerca de 1 a 3 ovos por dia, mas recomendação pode mudar dependendo individuais