Manteiga de grão-de-bico: o que é e benefícios

Alimentação Bem-estar
23 de Dezembro, 2019
Manteiga de grão-de-bico: o que é e benefícios

Você já ouviu falar na manteiga de grão-de-bico? Também conhecida como pasta de grão-de-bico, ela assemelha-se à pasta de amendoim, principalmente devido à sua textura espessa e sabor agradável.

Feita a partir do grão-de-bico, uma leguminosa de grande valor nutricional, é uma opção vegana e deliciosa para quem não quer consumir a manteiga em sua versão convencional. Também é ideal para quem já é adepto de outras manteigas alternativas, mas deseja experimentar uma nova opção.

Também conhecido como gravanço, ervanço, ervilha-de-galinha ou ervilha-de-bengala, o grão-de-bico origina essa deliciosa manteiga, bem como o homus.

Propriedades da manteiga de grão-de-bico

Rico em diversas vitaminas (E, C e K, principalmente), bem como em minerais como cálcio e fósforo, o grão-de-bico é também fonte de proteína vegetal. Sendo assim, sua manteiga também é rica nessas propriedades. 

Benefícios da manteiga de grão-de-bico

Saúde do intestino

Fibroso, o grão-de-bico ajuda no melhor funcionamento do sistema digestivo, bem como otimiza a saúde da flora intestinal.

Leia também: Probióticos: O que são e como consumir

Melhora do humor 

Procura mais estabilidade emocional? Comer a leguminosa (ou sua manteiga) pode ajudar na melhora dos hormônios do humor, contribuindo para a produção de serotonina.

Não só, ajuda a aliviar os sintomas da TPM.

Leia mais: 8 alimentos que ajudam a combater a ansiedade

Doente? Não mais

O grão-de-bico possui propriedades que fortalecem o sistema imunológico. Essas mesmas propriedades anti-inflamatórias também estão presentes em sua manteiga. Sendo assim, incluir a manteiga de grão-de-bico na alimentação pode garantir um sistema imunológico mais resistente e, como consequência, a tendência é de que o corpo adoeça com maior dificuldade e menor frequência.

Leia também: Sinais de que você está comendo pouca proteína

Protege o coração contra doenças

O magnésio e o potássio presentes na leguminosa promovem a melhor regulação da pressão arterial. Não só, as fibras, bem como os ômegas 3 e 6 ajudam a reduzir o colesterol “ruim”, ou seja, o LDL. Reduzem também os triglicérides – responsáveis por doenças cardíacas. 

Sobre o autor

Nathália Lopes
Estagiária de Jornalismo

Leia também:

Dia dos Pais fondue saudável
Alimentação Bem-estar Receitas

Fondue saudável: confira algumas substituições mais equilibradas!

Quando as temperaturas caem, uma noite de fondue é uma excelente pedida

chocolate quente fit
Alimentação Bem-estar

Chocolate quente fit é opção saudável para festa junina. Veja receitas!

Nessa época, algumas comidas ganham protagonismo, como caldos, bebidinhas quentes e doces típicos. Veja como fazer um chocolate quente fit!

Por quanto tempo devo tomar ômega
Alimentação Bem-estar

Por quanto tempo devo tomar Ômega 3?

Muitas pessoas se perguntam: Por quanto tempo devo tomar ômega 3? Veja recomendações importantes sobre o consumo prolongado