Manganês: Para que serve, funções e alimentos ricos no mineral

22 de março, 2021

O manganês é um mineral muito importante para a saúde. Basicamente, ele está ligado à produção de tiroxina (T4), um tipo de hormônio cuja síntese é feita pela tireoide. Ou seja, ele é essencial para o metabolismo e para o sistema endócrino de forma geral. Não só, possui outras funções.

Funções do manganês

A princípio, o manganês está principalmente associado à produção de tiroxina. Porém, ele também é importante para o controle da glicemia, bem como atua na síntese de proteínas e é essencial para o metabolismo. Não só, ele também é importante para a pele, pois ajuda na cicatrização.

No que diz respeito à tiroxina, um dos três hormônios principais que são produzidos pela tireoide, é importante saber que ela tem a função de estimular o metabolismo basal das células. Sendo assim, ela é importante para o metabolismo. Ainda, esse é um hormônio especialmente importante durante a gravidez, pois tem relação com o desenvolvimento cognitivo do bebê. Por fim, os outros dois hormônios cuja síntese se dá na tireoide são a triiodotironina e a calcitonina.

Leia mais: Dieta dos Hormônios: O que é e como seguir

Quanto devo consumir diariamente?

A quantidade de manganês necessária diariamente é, em geral, é de 1 a 3 miligramas. Essa é uma quantia que pode ser obtida pela alimentação.

No entanto, de acordo com um estudo da Sociedade Brasileira de Toxicologia, consumir mais que 3 mg de manganês por dia pode aumentar significativamente o risco de desenvolver doenças como o Parkinson e o Alzheimer. Por isso, é importante se atentar quanto às quantidades.

Como a deficiência de manganês pode prejudicar a saúde

Porém, consumir pouco manganês também tem seus riscos. A princípio, a deficiência de manganês pode ser resultado da má absorção do mineral por parte do intestino ou de alguma lesão no mesmo órgão. Não só, outras possíveis causas são o uso de diuréticos, doenças no fígado, bem como doenças na vesícula biliar e o consumo exagerado de alimentos ricos em ferro.

Ainda, a falta desse mineral no corpo pode causar, por exemplo:

  • Perda de peso
  • Problemas de pele, como a dermatite
  • Náusea e vômito
  • Deformação nos ossos
  • Dificuldade em engravidar (prejudica a fertilidade)
  • Metabolismo lento
  • Problemas no pâncreas

Quando há falta desse mineral e de potássio ao mesmo tempo, os riscos para a saúde são ainda maiores, uma vez que a falta de ambos pode colocar a saúde do coração em grande dificuldade.

Leia também: Falta de vitamina D: Sintomas e quanto consumir

Alimentos ricos no mineral

  • Leguminosas
  • Oleaginosas
  • Grãos integrais
  • Cereais
  • Frutas e vegetais

Sobre o autor

Nathália Lopes
Nathália Lopes
Estagiária de Jornalismo