Macronutrientes: o que são e como nutricionistas podem ajudar a calcular

Alimentação Bem-estar
22 de Novembro, 2021
Macronutrientes: o que são e como nutricionistas podem ajudar a calcular

No mundo da nutrição, o que não faltam são estratégias para uma alimentação focada nos objetivos de cada indivíduo. Atualmente, incluir na dieta alimentos ricos em macronutrientes é um deles. No entanto, para calcular a quantidade diária, é indispensável o auxílio de um profissional da área de nutrição. Isso porque a prescrição de dietas deve sempre prezar a personalização e individualização, pois o que vale para você pode não valer para um amigo ou alguém de sua família. Em outras palavras, as necessidades energéticas e nutricionais variam, dependendo dos objetivos, do estilo de vida e da saúde de cada um. 

Saiba mais: Macronutrientes para emagrecer: Confira as melhores fontes de cada tipo

O que são os macronutrientes?

Os macronutrientes são carboidratos, proteínas e gorduras, ou seja, nutrientes principais que o corpo precisa em maior quantidade para exercer as funções básicas. São eles os responsáveis pelo combustível/energia, estrutura, saciedade, formação de hormônios e anticorpos, etc.

Por isso, são tão essenciais. Sua restrição exagerada ou excesso de consumo podem ser muito prejudiciais para a saúde. Por isso, é importante buscar a ajuda de um nutricionista para adequar sua alimentação às suas necessidades.

Como calcular os macros?

Independentemente do seu objetivo — emagrecer, desenvolver massa muscular, ganhar peso — a contagem de macronutrientes pode ajudar na eficácia da estratégia alimentar . Com o consumo assertivo para seu corpo e necessidades, os macros ajudam na melhoria do metabolismo, da disposição e da construção de massa muscular, se esse for seu objetivo e estiver atrelado a uma dieta específica.

Cada corpo tem a sua própria equação e não é relativamente simples chegar ao seu “número pessoal”. A nutricionista vai levar em conta vários fatores que serão analisados por meio das suas queixas e resultados de exames, como fatores anti-inflamatórios, a qualidade dos alimentos que você consome, a prática da atividade física, entre outros.

Em síntese, Só contar calorias e macronutrientes não funciona para uma dieta. Na verdade, sem todo esse acompanhamento, você poderá criar hábitos e consumos com características punitivas, restritivas ou até de compensação, deixando de ter refeições saborosas, eficientes e completas.

Leia mais: Dieta Macro: Como contar os macronutrientes para emagrecer

Fonte: Raquel Penha e Silva, nutricionista da ON, centro integrado de evolução corporal (CRN3 23966) Graduada em Nutrição (2008), pela Faculdade de Saúde Pública, da Universidade de São Paulo (USP), fez pós-graduação em Qualidade de Alimentos, pelo Colégio Brasileiro de Estudos Sistêmicos (CBES-SP), com atualização em Nutrição Clínica, pelo Instituto Racine. @on.evolucaocorporal e @nutricionista.raquel

Descubra seu peso ideal. É grátis! Saiba se seu peso atual e sua meta de peso são saudáveis com Tecnonutri.
cm Ex. 163 kg Ex. 78,6

Sobre o autor

Redação
Todos os textos assinados pela nossa equipe editorial, nutricional e educadores físicos.

Leia também:

ator Cauã Reymond segurando um garfo e uma faca e usando um babador
Alimentação Bem-estar

Cauã Reymond mostra jantar saudável com sopa, frango e legumes

Ator compartilhou em suas redes socais o que comeu na noite de Dia dos Namorados (12/06). Confira o jantar de Cauã Reymond

personal ajudando aluno a fazer o exercício crucifixo inclinado na academia
Bem-estar Movimento

Crucifixo inclinado: como fazer corretamente para evitar dores

A posição do banco no crucifixo inclinado faz com que o exercício enfatize bem os músculos do peitoral. Confira o passo a passo

criança nadando na piscina
Bem-estar Movimento

Crianças podem (e devem) fazer natação no inverno!

Prática deve ser contínua mesmo no frio, pois aumenta imunidade e o gasto calórico. Veja os benefícios da natação no inverno para as crianças!