Como montar uma lancheira saudável para as crianças

14 de julho, 2021

Com a correria do dia a dia, pode ser um desafio para os pais garantir que as crianças se alimentem bem, principalmente na escola. O lanchinho oferecido na cantina, na hora do recreio, pode ser prático e delicioso, mas geralmente contém salgadinhos, doces e refrigerantes. Ou seja, opções pouco nutritivas que não agregam nenhum benefício para a saúde da criançada. Veja, então, como montar uma lancheira saudável para o seu pequeno:

Como montar uma lancheira saudável para as crianças

A primeira etapa da lancheira saudável é chamar o seu filho para participar da montagem do lanche e da seleção dos itens que comporão a refeição. Além disso, invista em um acessório térmico: ele é útil para manter os alimentos refrigerados — existem diversas opções de modelos e tamanhos.

Leia também: Lanches saudáveis que são bons para o intestino

Opções de lanches saudáveis para tarde

Pão integral

É rico em nutrientes e fibras, que aumentam a saciedade. Uma opção nutritiva e saborosa é fazer lanches com pastinha de grão-de-bico, fonte de proteínas.

Outra alternativa é adicionar ricota, queijo minas ou fazer um sanduíche com frango desfiado e alguma verdura ou legume, como alface, cenoura e tomate. Assim, a dica é montar um lanche com ingredientes preparados em casa, com poucos ingredientes industrializados.

Lancheira saudável tem marmitinha de frutas

Inclua frutas frescas e cortadas para facilitar o consumo. Mamão, pera, banana, uva, melancia, melão… Adicione o máximo de cor e variedade e, se possível, coloque um pouco mais, pois normalmente a criançada divide o lanche com os coleguinhas.

Suco natural

Embora os industrializados, de caixinha, sejam práticos, são repletos de açúcar e conservantes em sua composição. Prefira os de laranja, uva, maçã e de outras frutas que são fáceis de preparar em casa. Uma garrafinha de 300 mL, então, é o suficiente caso o seu filho estude por meio período.

Porções de nuts

Um mix de oleaginosas — nozes, amêndoas, uva-passa, berries e castanhas — serve de lanchinho entre um intervalo e outro. Um potinho equivalente a um punhado é a quantidade ideal e fornece vitaminas, gorduras “do bem” e outros micronutrientes.

Leia mais: Opções saudáveis de lanches low carb

Iogurte natural na lancheira saudável

Prefira os sem açúcar e adoce com mel. Você pode orientar seu filho a misturar o iogurte com as frutinhas da lancheira saudável para enriquecer a refeição.

E se meu filho for ruim de garfo e não quiser comer nada?

Algumas crianças sentem mais dificuldade em aceitar novos sabores. Se for o caso do seu filho, é preciso ter paciência e nunca forçá-lo a comer alimentos que ele não gosta. Alguns nutricionistas e pediatras recomendam que a educação alimentar comece sempre em casa e sem terrorismos alimentares. Por exemplo:

  • Mude a apresentação do alimento para incentivar seu filho a experimentar novamente algo que ele já provou. Por exemplo, se ele torce o nariz para tomate, que tal fazer uma sopa que contenha tomate e outros ingredientes? Aos poucos, o paladar do pequeno vai se acostumando com essas inserções;
  • Monte lanches criativos. Junto com seu filho, você pode dar nomes para cada lanchinho para a refeição ser mais divertida;
  • Uma estratégia para que seu filho coma mais alimentos saudáveis dentro e fora de casa é sempre comemorar e parabenizar a atitude, enfatizando o quanto isso é importante para ele.

Fonte: Ana Paula Portela, nutricionista da Instituição Eurekka Med: https://eurekka.me/ | https://eurekka.me/med/. CRN-2/15263

Sobre o autor

Redação
Redação
Todos os textos assinados pela nossa equipe editorial, nutricional e educadores físicos.