Joelhos e cotovelos ressecados? Veja como cuidar dessas áreas

21 de junho, 2022

Os joelhos e cotovelos ressecados são um problema na sua rotina? Pois saiba que é comum que essas partes sofram mais com o ressecamento do que outras áreas do corpo. Além deles, os pés costumam ficar mais ásperos, sobretudo em estações de clima frio.

Veja também: Quais são as melhores vitaminas para a pele? Saiba mais

Qual a razão para termos joelhos e cotovelos ressecados?

De acordo com Aline Flaci, dermatologista associada à Sociedade Brasileira de  Dermatologia (SBD), um dos motivos dos joelhos e cotovelos ressecados é o atrito, com o uso de roupas e movimentos comuns a essas áreas do corpo. Além disso, cotovelos e joelhos contam com uma concentração menor de glândulas sebáceas, responsáveis por produzir a oleosidade natural do organismo. Por isso, a maioria das pessoas possui essas partes mais carentes de hidratação.

Cuidados para salvar joelhos e cotovelos ressecados

Se você é do time que costuma negligenciar a rotina de skincare do corpo, é melhor rever esse hábito agora mesmo. A primeira dica é investir em bons hidratantes para a pele e vencer a preguiça de aplicá-los após o banho. Afinal, a água quente ajuda a abrir os poros, que ficam mais receptivos para a absorção dos ativos do produto. “Vale apostar nos cremes sem cheiro e aplicá-los em todo corpo duas vezes ao dia”, recomenda a dermatologista. Dependendo do nível de ressecamento dos joelhos e cotovelos, tenha um creme para peles muito secas, que são mais concentrados e potentes na hidratação. Por sua vez, loções e leites hidratantes são ótimos para o restante do corpo, pois são menos pegajosos e de textura mais leve. Veja outras recomendações que irão transformar a pele dos joelhos e cotovelos:

Tome banhos mais curtos

Por mais que seja irresistível demorar mais alguns minutos no banho em dias mais frios, evite esse hábito. “Nessas épocas do ano, utilizamos água mais quente, o que prejudica a hidratação da pele e favorece o ressecamento. Aliada aos banhos curtos, é importante dosar a temperatura da água”, aconselha Aline.

Experimente produtos multifuncionais

Atualmente, o que não faltam são soluções que “hackeiam” a rotina de cuidados com a pele. Uma delas é o sabonete líquido que hidrata durante o banho, que se torna uma boa alternativa para os dias mais corridos. A proposta é usá-lo debaixo do chuveiro e enxaguá-lo depois da higiene. Como resultado, a pele fica sedosa e gostosa ao toque, sem aspecto grudento. Contudo, o produto não exclui a necessidade de um hidratante específico para os cotovelos e joelhos. Caso você tenha dificuldades em assumir um ritual de hidratação, não deixe de incluir essa prática aos poucos.

Esfolie a pele apenas uma vez por semana

Por mais que seja essencial para estimular a renovação da camada superficial da pele, a esfoliação não deve ser diária. O ideal é realizar a etapa apenas uma vez por semana e caprichar na hidratação após o procedimento. Além disso, evite o uso diário de buchas durante o banho, sobretudo no outono e no inverno.

Beba água

Não adianta nada adquirir os produtos certos se a hidratação também não acontecer de dentro para fora. Beber pelo menos 2 L de água por dia é uma recomendação valiosa não apenas para a saúde da pele, mas para o bom funcionamento do corpo.

Sobre o autor

Redação
Redação
Todos os textos assinados pela nossa equipe editorial, nutricional e educadores físicos.