Gelatina é saudável? Especialistas esclarecem

23 de julho, 2019

Muita gente acredita que a gelatina é útil para fortalecer pele, unhas e cabelos, graças ao colágeno presente em sua fórmula. Porém, a versão artificial, essa que encontramos nos supermercados, na verdade, apresenta muito mais prejuízos à saúde do que benefícios. 

Muitos especialistas torcem o nariz para esse tipo de produto pelo fato de ele ter muito açúcar, corantes e aromatizantes, além de outros ingredientes artificiais que podem desencadear alergias e irritações no estômago, entre outros problemas.

Os benefícios da gelatina estão sempre associados aos benefícios do colágeno, mas, de acordo com profissionais da saúde, isso é um equívoco. “A gelatina de caixinha é feita a partir do colágeno de ossos, cascos e tecidos de gado, e no processo é usado um ácido ou base forte para quebrar e extrair o colágeno. No final do processo a quantidade de colágeno presente neste produto é muito pequena”, garante a nutricionista Anália Barhouch, de São Paulo.

Leia também: Alimentos que garantem uma pele saudável e lisinha

Segundo a especialista, a quantidade de produtos nocivos à saúde presente nessa sobremesa é grande “Ela é composta de muito açúcar, adoçantes ou edulcorantes (na versão diet ou light), corantes, aromatizantes e conservantes. Essa quantidade de produtos químicos não faz bem para o organismo”, alerta. 

Graças aos edulcorantes, a versão diet pode ainda desencadear um processo inflamatório no organismo e aumentar o risco do aparecimento de resistência à insulina, que é a etapa inicial do diabetes e está associada a uma série de problemas como o aumento da gordura na região abdominal, compulsão alimentar e doenças cardiovasculares, por exemplo.

Amo gelatina, e agora?

As opções mais saudáveis são as e origem vegetal, extraídas de algas, como as feitas com agar-agar, incolor e sem sabor, para serem misturadas a sucos de frutas naturais e até em chás. 

Leia também: Por que você sente compulsão por doces?

Sobre o autor

Redação
Redação
Todos os textos assinados pela nossa equipe editorial, nutricional e educadores físicos.