Emagrecer e perder peso: Qual é a diferença?

29 de maio, 2020

É comum pensar, especialmente quando se está de dieta, que emagrecer e perder peso são sinônimos. Entretanto, não são: há uma diferença. Basicamente, quando nos referirmos à “perda de peso”, significa que o número na balança diminuiu. Entretanto, emagrecer não se resume a isso. 

Emagrecer e Perder peso: Similares, porém, diferentes

A princípio, entende-se emagrecer como o fato de reduzir o índice de gordura corporal, ou seja, emagrecer é sinônimo de perder gordura. No entanto, essa perda não necessariamente implica na diminuição do seu peso. Ou seja, pode haver perda de gordura sem que haja perda de peso, o número que aparece na balança. Esse cenário é comum, por exemplo, quando se perde gordura mas, ao mesmo tempo, há ganho de massa magra – a massa muscular. Assim, emagrecer seria a perda de gordura corporal e ganho de massa muscular, mas isso a balança não registra.

Portanto, perder peso significa apenas que seu peso corporal diminuiu e isso pode ser decorrente da perda de gordura ou não. Outras razões que podem levar à diminuição do peso na balança: 

  • O corpo desinchou ou parou de reter líquido;
  • Antes o intestino estava constipado, mas agora não mais;
  • Ingeriu-se menos comida; 
  • Houve perda muscular.

Por fim, o ideal é focar no ganho de massa muscular, redução de medidas e formas de acelerar o metabolismo. E como diminuir a taxa de gordura? É preciso criar um déficit calórico – ou seja, consumir menos calorias do que a energia que queima em repouso e durante o treino.

Leia também: Como perder gordura e ganhar músculo ao mesmo tempo

Mas, se você está procurando perder gordura e ganhar músculos, seu número na balança pode não se mover – ou pode até subir – mesmo que o físico esteja mudando. Na verdade, você pode até perceber que parece mais magro ou mais tonificado, mesmo que não tenha perdido peso. Isso é porque você está ganhando músculo e perdendo gordura.

Por outro lado, cortar calorias demais de uma só vez sabotará os esforços. A restrição excessiva de calorias deixa o corpo com energia limitada para concluir um treino e, finalmente, retarda o metabolismo. Mudanças drásticas nas calorias fazem o organismo compensar metabolicamente para defender seu peso corporal inicial. Portanto, o corpo diminuirá a quantidade de energia queimada para conservar calorias e evitar o emagrecimento.

Leia mais: Guia da gordura corporal: O que é e como perder

Sobre o autor

Nathália Lopes
Nathália Lopes
Estagiária de Jornalismo