Por que é perigoso tentar emagrecer 24 quilos em 4 semanas?

19 de janeiro, 2022

Quem tem o objetivo de perder peso pode achar difícil determinar a quantidade de quilos a serem eliminados em um período de tempo. Isso acontece porque a tarefa realmente é complicada: afinal, cada caso é um caso, e muitas vezes, ter uma meta irreal pode acabar com a nossa motivação. Por isso, quando surgem promessas que parecem boas demais, como a de emagrecer até 24 quilos em 4 semanas, precisamos ficar atentos. Entenda:

Emagrecer 24 quilos em 4 semanas

É justamente essa a proposta de um programa lançado recentemente na internet. O site não traz muitos detalhes a respeito do cardápio ou das estratégias utilizadas, mas os números impressionam.

Contudo, existem algumas ressalvas a serem feitas a respeito do assunto. A primeira delas é que é até possível atingir o objetivo. Mas, cada corpo é um corpo, e nem todo mundo precisa perder essa quantidade de peso.

Além disso, para emagrecer 24 quilos em apenas 4 semanas, provavelmente será necessário apostar em restrições calóricas drásticas. E se a pessoa não fizer isso corretamente e com acompanhamento profissional, corre o risco de não ingerir todos os nutrientes essenciais para o bom funcionamento do organismo.

Aí, o indivíduo pode sofrer com deficiências nutricionais e até com uma queda brusca na imunidade — nada bom para o período no qual estamos vivendo, não é mesmo?

Por fim, vale lembrar que dietas radicais são extremamente difíceis de manter a longo prazo. Ou seja, você pode até começar com a motivação lá em cima, mas com o passar dos dias, o cardápio limitado torna-se cansativo e quase impossível de seguir, deixando a gente com vontade de desistir. Desse modo, o fantasma do efeito sanfona aparece.

Leia também: Terrorismo nutricional: O que é e como prejudica a saúde

Então, o que fazer?

Primeiramente, busque um atendimento individualizado. Assim, você consegue calcular (com a ajuda de um profissional) quantos quilos precisa perder, quais os tamanhos das porções e quais as porcentagens corretas dos macronutrientes para adicionar ao prato.

Infelizmente, quando falamos em perder peso, o processo não é de um dia para o outro. Para emagrecer com saúde, o indicado é aprender a se alimentar melhor. Isto é, nada de restringir a alimentação por si, escolhendo sopas, shakes ou chás milagrosos. A prática regular de exercícios físicos, os cuidados com a saúde mental e um sono de qualidade são outros pilares extremamente importantes durante o processo.

Você precisa ter consciência das escolhas mais saudáveis. Dessa forma, após chegar em seu peso ideal, você será capaz de mantê-lo. Afinal, você não vai viver a vida inteira de shakes emagrecedores, sopas detox ou só comendo proteína, não é mesmo?

Conclusão: a palavra-chave é o equilíbrio!

Leia também: Mayra Cardi inicia crudivorismo após jejum de 7 dias

Sobre o autor

Redação
Redação
Todos os textos assinados pela nossa equipe editorial, nutricional e educadores físicos.