Drauzio Varella correu 42 km aos 79 anos; como conquistar tal vitalidade?

Movimento Saúde
06 de Outubro, 2022
Drauzio Varella correu 42 km aos 79 anos; como conquistar tal vitalidade?

Neste último final de semana, o médico Drauzio Varella completou a maratona de Londres e ganhou a medalha das Six Major Marathon. Essa premiação é dada aos corredores que completam as seis maratonas emblemáticas do mundo: Boston, Nova York, Londres, Chicago, Berlim e Tóquio. Além disso, Varella foi o atleta amador mais velho a completar a última edição da maratona de Londres que adquiriu a cobiçada medalha. Afinal, como ter a vitalidade do oncologista, que é referência em saúde aos 79 anos de idade?

Veja também: Prática de atividades físicas auxilia a produtividade no trabalho

Nunca é tarde para começar

Em seu livro “Correr”, de 2016, Drauzio Varella conta que aos 49 anos teve uma conversa com um antigo amigo de faculdade que foi um divisor de águas. No diálogo, o amigo pergunta a idade de Drauzio, que responde e ouve: “Ano que vem, cinquenta, idade em que tem início a decadência do homem”. Após ouvir essa frase, o médico decidiu correr a primeira maratona em Nova York, para “provar que a decadência não começaria aos cinquenta, no meu caso”.

Vale dizer que, na época, o oncologista já praticava corrida, mas não com a assiduidade e rigor necessários para completar um desafio de 42 km. Então, Varella sempre foi um homem ativo, o que o ajudou a ter preparo para enfrentar uma rotina de treinos mais exigente. E o mais importante, sem histórico de lesões. Portanto, não importa a idade: abandonar o sedentarismo é uma decisão sábia para ganhar mais saúde.

De acordo com a Organização Mundial da Saúde, o ideal é realizar 300 minutos de atividade leve por semana, ou 150 minutos de exercício moderado a intenso. “Se puder, faça 1h de caminhada ao dia, um pouco de musculação. Como resultado, o movimento dá mais disposição, fortalece os ossos, musculatura e dá mais energia para fazer as atividades do dia, e mantém o sistema imunológico sempre ativo”, orienta Carlos Machado, médico da família e nefrologista.

Além dos benefícios citados por Machado, o exercício ajuda a controlar o colesterol, prevenir doenças cardiovasculares, osteoporose, diabetes outras enfermidades.

Consistência, a chave da disciplina de Drauzio Varella

Outro exemplo de Drauzio é manter o hábito da atividade física. Afinal, não adianta nada fazer exercícios apenas de vez em quando. É fundamental ter frequência para colher boa saúde. Em um vídeo de seu canal do YouTube, o médico afirma que organiza a rotina para correr, não importa se dispõe 20 minutos em um dia. Por isso, acorda às 5h da manhã para encaixar a atividade, que alega ser inegociável no dia a dia. Então, se você almeja correr uma maratona, ou ser apenas mais saudável, movimente-se todos os dias, nem que seja só um pouco.

O mesmo se aplica ao que comemos. “Uma dieta rica em alimentos industrializados, ultraprocessados, açúcar e outros aditivos prejudica a saúde. Portanto, faça boas escolhas alimentares na maior parte do tempo para poder comer uma guloseima ou outra de vez em quando”, sugere Machado.

Varie o cardápio

A alimentação é o pilar que sustenta a atividade física. Quando não comemos de forma adequada, não rendemos no exercício e o corpo fica mais vulnerável a doenças e lesões. Priorize refeições com grãos, frutas, legumes, verduras, vegetais e carnes magras. Uma estratégia é apostar em frutas e verduras da estação, que garantem mais economia e saúde no prato.

Se possível, procure um nutricionista para elaborar um plano de alimentação que se adeque às suas necessidades e objetivos do momento. Caso você esteja com sobrepeso e precisando de ajuda para ter mais saúde, clique aqui e conte com a Vitat nessa missão!

Faça check-ups regulares

Nas redes sociais, Drauzio Varella sempre fala que a prevenção é a aliada de uma vida mais saudável. Assim, fazer consultas de rotina, mesmo que você não esteja sentindo desconfortos, ajuda a identificar possíveis doenças ou sinais de que algo não vai bem.

Existem diversas enfermidades silenciosas que só se manifestam quando a situação está grave. Por exemplo, diabetes, hipertensão, aterosclerose e alguns tipos de câncer. Não permita ser pego de surpresa por problemas que podem ser evitáveis!

Largue o cigarro, assim como Drauzio Varella

O médico já declarou diversas vezes que foi um “escravo do cigarro” por muitos anos. Felizmente, conseguiu abandonar o vício “com muita dificuldade” e hoje ajuda as pessoas a fazer o mesmo. No TikTok, ele possui uma série de dicas que auxiliam o público a largar o tabagismo. Se você ainda não se convenceu a parar de fumar, saiba que o hábito é um dos mais nocivos que alguém pode ter. Afinal, o cigarro é um fator de risco para inúmeras doenças, como câncer, AVC e infarto, que aumentam o índice de mortalidade precoce.

Mais: cigarro e vida saudável não combinam. Caso queira evoluir no esporte igual ao Drauzio, terá que escolher entre o cigarro e o desempenho. O motivo é que o tabagismo compromete o sistema respiratório, impactando no fôlego para realizar atividades aeróbicas.

Sobre o autor

Amanda Preto
Jornalista especializada em saúde, bem-estar, movimento e professora de yoga há 10 anos.

Leia também:

Por quanto tempo tomar glutamina
Alimentação Bem-estar Saúde

Por quanto tempo devo tomar glutamina?

Veja recomendações importantes sobre o consumo prolongado

mulher correndo ao ar livre em uma ponte em cima de um rio
Bem-estar Movimento

Quando aumentar a distância na corrida?

Sente que os treinos estão ficando cada vez mais fáceis de completar? Talvez seja a hora de aumentar a distância na corrida. Entenda

Alimentação e hipertensão
Alimentação Bem-estar Saúde

Alimentação e hipertensão: o que priorizar e o que evitar?

O ideal é utilizar temperos naturais, como ervas e especiarias. Veja outras dicas