Dores que surgem de repente: Como explicá-las?

12 de agosto, 2021

Dores que surgem de repente, mas você não sabe como apareceram. A situação é familiar para você? Muitas vezes, a questão está relacionada a algum movimento errado que você fez, o conhecido “mau jeito” — dormir de “mau jeito”, agachar para pegar algo no chão de “mau jeito”, virar o pescoço de “mau jeito”…

De acordo com o personal trainer Samorai, entender a causa das dores é o segredo de tudo, já que apenas dessa forma é possível saber como reabilitar quem as sente e até mesmo saber como preveni-las. “Existem dois tipos de lesões: aquela em que está claro como aconteceu; e a outra, que vai acontecendo ao longo do tempo. No primeiro tipo, por exemplo, é quando alguém está jogando futebol e torce o tornozelo. Mas o grande problema é o segundo tipo, as dores que surgem de repente”, diz o personal.

No segundo caso, o incômodo pode acometer alguma região do corpo e melhorar e piorar constantemente. E por que isso acontece?

Leia também: Como trabalhar o dia inteiro sentado prejudica o corpo

Dores que surgem de repente: Como explicá-las

“Quando a nossa performance cai (e isso acontece naturalmente com o passar do tempo), sentimos dor em algum lugar. Se tem uma parte do meu corpo que não está funcionando bem e eu continuo fazendo as mesmas atividades, alguma outra irá compensar esse trabalho. E é exatamente ela que vai pagar a conta disso, por isso a dor aparece”, explica Samorai.

No processo natural da vida, todos sentirão alguma dor que não existia antes, independentemente da idade. Contudo, o melhor é tentar adiar o problema o máximo possível. Isso pode ser feito, segundo o profissional, com uma boa qualidade de vida, com mudanças de hábitos e até com tratamentos de reabilitação mais acentuados.

“Se você sente uma dor no joelho, ela provavelmente é gerada por uma somatória de fatores. Como o estresse, a má alimentação, a forma errada de pisar… Tudo isso pode fazer seu joelho doer mais ou menos e está ligado à sua performance”, afirma Samorai.

Além disso, ele ainda completa: “Toda dor que não tem origem clara é resultado de um estilo de vida ou comportamento. Ou seja, se não sabe o que fazer, mude qualquer coisa em você e sua percepção da dor com certeza já será melhor”, conclui.

Leia também: Como ter uma boa postura mesmo trabalhando em casa

Fonte: Samorai, personal trainer e especialista em movimentos, em treinamento 3Dimensional e fundador do Instituto de Performance Samorai.

Sobre o autor

Redação
Redação
Todos os textos assinados pela nossa equipe editorial, nutricional e educadores físicos.