Doenças cardiovasculares na mulher: como prevenir?

Saúde
13 de Maio, 2022
Doenças cardiovasculares na mulher: como prevenir?

Muita gente imagina que a principal causa de morte em mulheres são doenças como o câncer. No entanto, as doenças cardiovasculares estão no topo da lista, responsáveis por mais de 170 mil óbitos de mulheres no Brasil em 2019, de acordo com o Ministério da Saúde. O número representa a principal causa de morte na população feminina. Assim, alimentação inadequada, baixa atividade física, consumo de álcool e tabagismo são fatores de risco para as doenças cardiovasculares na mulher, especialmente, aquelas de classes sociais menos favorecidas da população, com maior incidência após a menopausa. Os sintomas, no entanto, nem sempre são sintomáticos, como dor, o que acaba dificultando o diagnóstico.

Leia mais: Doenças cardiovasculares em mulheres são responsáveis pela maioria das mortes

Hormônio feminino podem mascarar doenças cardiovasculares na mulher

Desde o início da vida da mulher, o estrogênio, hormônio sexual feminino, protege contra as doenças cardiovasculares. No entanto, ele também pode mascarar a presença de algumas doenças, segundo o Dr Ausonius Sawczuk, cardiologista do Hospital Albert Sabin.

Também devido a presença desse hormônio, as mulheres têm mais chances de apresentarem problemas associados aos vasos, como as varizes. “As mulheres são mais propensas a terem varizes, mais do que os homens, inclusive, além de outras doenças associadas aos vasos, como insuficiência venosa, vasculopatia arterial ou vasculopatia venosa”, explica.

Como identificar os sintomas?

Quando a mulher chega na faixa etária dos 30 anos, em média, ocorre uma equiparação da taxa de mortalidade das doenças cardiovasculares entre homens e mulheres. Assim, os sintomas dependem do tipo de doença. O infarto, por exemplo, pode ser apresentar com uma dor no peito, que é irradiada para o ombro, costas ou braço esquerdo. O quadro pode causar, ainda, sudorese e queda da pressão arterial. “Em mulheres, também podem surgir essas características, ou apenas um desconforto ou mal estar. Assim, o sintoma depende diretamente da doença que está causando o sintoma”, explica o cardiologista.

Quais são os principais exames?

Uma das formas de prevenir as doenças cardiovasculares na mulher é realizando o tradicional check up médico. Dessa forma, de acordo com o cardiologista, para prevenir esse e outros tipos de doenças, esses são os exames básicos da cardiologia que devem ser realizados:

  • Exames de rotina, como o hemograma
  • Dosagem de glicemia
  • Dosagem de  colesterol
  • Marcadores inflamatórios
  • Teste ergométrico
  • Eletrocardiograma

Além disso, as mulheres devem associar, ainda, uma investigação ginecológica anual para fazer seus exames de rotina, como colposcopia, dosagem hormonal, entre outros. “A visita a um endocrinologia também é recomendada para acompanhar a fase hormonal feminina, ou seja, o estrogênio, a testosterona, o FSH e os hormônios da tireoide”, completa. “O homem, em geral, tem uma estabilização hormonal, mas as mulheres têm uma variação devido ao ciclo menstrual, caracterizados por sinais típicos da oscilação”, explica.

Como evitar as doenças cardiovasculares na mulher

A princípio, o médico revela a melhor forma de evitar as doenças cardiovasculares na mulher: fazer uma modificação no estilo de vida. Dessa forma, o ideal é:

  • Realizar uma adequação da atividade física ao seu biotipo e faixa etária para manutenção da massa magra
  • Ter uma alimentação correta
  • Não fumar
  • Fazer controle ou redução do peso

Fonte: Dr Ausonius Sawczuk – Cardiologista do Hospital Albert Sabin CRM 185763 SP e Ministério da Saúde.

Sobre o autor

Fernanda Lima
Jornalista e Subeditora da Vitat. Especialista em saúde

Leia também:

Ivete Sangalo pneumonia
Saúde

Ivete Sangalo é internada com pneumonia. Entenda o quadro

A pneumonia é uma infecção respiratória que causa tosse com muco ou pus, febre e dificuldade respiratória

foto de uma caderneta de vacinação com uma seringa
Saúde

Caderneta de vacinação em dia ajuda a evitar surtos de doenças

Especialistas alertam que a vacinação é um pacto de saúde coletivo

Chá de folha de mamão e dengue
Saúde

Chá de folha de mamão e dengue: é falso que bebida combate a doença

Não existem evidências científicas de que a bebida possui propriedades medicinais no tratamento da doença