Dieta plant paradox: Vegetais e frutas engordam?

11 de outubro, 2019

A cantora Kelly Clarkson revelou que perdeu 37 quilos graças à dieta plant paradox, um plano alimentar baseado no livro best-seller do Dr. Steven Gundry, The Plant Paradox, que proíbe glúten e outras lectinas, um tipo de proteína que é encontrada em vegetais, frutas, nozes e outros.

A estrela americana afirmou que inicialmente tentou o plano “livre de lectina” (ou Lectin-Free Diet) para ajudar com uma doença autoimune e um problema na tireóide, e acabou perdendo peso como parte dessa abordagem geral de saúde.

Por que eliminar a lectina?

A lectina é uma proteína presente na maioria dos alimentos, mas leguminosas, legumes, grãos integrais e frutas contêm quantidades particularmente altas. De acordo com Gundry, o glúten – uma proteína encontrada no trigo, centeio e cevada – é apenas um tipo de lectina.

A dieta plant paradox, ou paradoxo dos vegetais, em uma tradução livre, prega que as plantas desenvolveram essa proteína como uma defesa contra predadores como animais e insetos. Ela também é chamada de dieta sem lectina.

Dessa maneira, as lectinas interrompem o trato gastrointestinal e permitem que as bactérias entrem no sistema imunológico, causando síndrome e inflamação do intestino solto – um estado em que o corpo tenta “combater” um predador de vegetais. O livro compara essa resposta à de uma doença autoimune.

O autor também defende que comer lectina causa ganho de peso porque age de maneira semelhante à insulina, o hormônio que absorve glicose (moléculas de açúcar) pelas células de gordura para armazenamento.

Leia também: Comer antes de dormir engorda?

Quais alimentos contém lectina

  • Leite, queijos e derivados;
  • Grãos;

A dieta plant paradox aconselha que seus seguidores comam carne, óleo de coco e certos vegetais como verduras, brócolis, couve-flor e couve de Bruxelas.

A dieta plant paradox emagrece?

Não há estudos em humanos que vinculem as lectinas a uma resposta imune prejudicial em pessoas saudáveis. Os únicos estudos realizados sobre o tema que mostram efeito negativo usaram tubos de ensaio de modelos animais. Portanto, não prova o que acontece quando você come alimentos que contêm lectina.

Como Kelly Clarkson emagreceu?

Como as lectinas estão em quase tudo, elas também estão em alimentos processados, e ficar sem esses alimentos ajudaria a perder peso e a diminuir a inflamação crônica. 

Comer menos manteiga e creme, que contêm grandes quantidades de gordura saturada, e outros produtos processados ​​de grãos e feijões, que podem conter grandes quantidades de sódio, também ajudaria no processo de emagrecimento. 

Assim, vale a pena questionar qualquer dieta que limite vegetais, frutas, óleos vegetais e grãos 100% integrais. Até o momento, não existem dados que sustentem a ideia de que o consumo de alimentos contendo lectina o prejudique ou promova o ganho de peso. 

Por fim, como regra de nutrição de ouro, a menos que você tenha intolerância alimentar, não há necessidade de cortar completamente os alimentos.

Sobre o autor

Redação
Todos os textos assinados pela nossa equipe editorial, nutricional e educadores físicos.