Criança pode beber café? Pediatras alertam sobre a bebida

Alimentação Gravidez e maternidade
14 de Outubro, 2022
Livia Yume Tanizaki
Revisado por
Nutricionista • CRN-3 45492
Criança pode beber café? Pediatras alertam sobre a bebida

Com a cafeína fazendo parte da rotina de diferentes famílias, não é incomum que adultos questionem se criança pode beber café. De acordo com a Academia Americana de Pediatria (AAP), a resposta é não, pelo menos até os 12 anos de idade. A mesma recomendação estende-se para refrigerantes, alguns chás bem como energéticos.

A organização alerta que crianças não são pequenos adultos. Logo, elas não podem consumir o mesmo que seus responsáveis. Inclusive, pediatras explicam que o organismo infantil precisa de uma quantidade menor de café para começar a sofrer efeitos perigosos e, por isso, entende-se que não há dose segura da bebida para os pequenos.

Em suma, eles podem apresentar problemas como aumento da frequência cardíaca, pressão arterial, apresentar problemas de refluxo gástrico bem como ansiedade e desregulação do sono. Assim, a cafeína tende a ser ainda mais perigosa se consumida em altas quantidades.

Leia mais: Crianças que pulam o café da manhã têm mais risco de sofrer de ansiedade

Então, quando a criança pode beber café?

A tolerância ao café vai aumentando conforme o crescimento do indivíduo. Dessa forma, o consumo da bebida passa a ser possível aos 12 anos. No entanto, a orientação é que a dose não passe de 100 miligramas por dia até os 18 anos, ou seja, que os jovens não consumam mais de uma xícara diariamente.

Em 2020, essa orientação já havia sido feita pela Academia Americana de Psiquiatria da Infância e Adolescência. De acordo com a organização, os riscos associados ao consumo da cafeína a longo prazo são:

  • Problemas de sono e humor;
  • Aumento dos níveis de hormônio do estresse;
  • Sintomas de abstinência, como dores de cabeça e cansaço;
  • Mais dificuldade em abandonar substâncias (como a nicotina) e limitar o uso de álcool quando combinado com cafeína;
  • Aumento da ingestão de açúcar.

Dessa forma, é importante que os pais consigam dizer não aos filhos e, mais do que isso, ensine para eles sobre o que é cafeína e em quais bebidas está presente.

Sobre o autor

Redação
Todos os textos assinados pela nossa equipe editorial, nutricional e educadores físicos.

Leia também:

profissional de saúde segurando um DIU no pós-parto
Gravidez e maternidade Saúde

DIU no pós-parto: como funciona, quando colocar e cuidados

Com alta eficácia, o DIU no pós-parto oferece uma solução prática para o planejamento familiar após uma gestação.

menina com ritmo circadiano saudável dormindo na cama durante as férias
Bem-estar Gravidez e maternidade

Férias escolares: como manter um ritmo circadiano saudável?

Manter um ritmo circadiano saudável por meio de uma rotina consistente é fundamental para o bem-estar físico e mental.

criança sentada em mesa segurando uma colher e comendo um mingau rico em fibras
Alimentação

Fibras na alimentação infantil: conheça os benefícios e como incluí-las

As fibras na alimentação infantil contribuem para o bom funcionamento do intestino, prevenindo a prisão de ventre.