O que comer para prevenir câncer, de acordo com Harvard

Alimentação Bem-estar
02 de Julho, 2020
O que comer para prevenir câncer, de acordo com Harvard

A alimentação está ligada à saúde de diversas maneiras. E, não é de hoje que se destaca a importância de seguir uma dieta equilibrada para ajudar a prevenir câncer e outras doenças graves. William Li é um médico formado na Universidade de Harvard, Estados Unidos, e professor na instituição. Ele dedica seu trabalho a preencher as lacunas entre tratamentos médicos  oncológicos e nutrição há mais de 20 anos.

Mais de duas décadas de pesquisa e experimentação ajudaram o especialista a identificar cerca 200 alimentos que realmente trabalham com os cinco sistemas de defesa do nosso corpo para prevenir câncer e problemas como diabetes e demência. Desde fortalecer o microbioma intestinal até ajudar o corpo a regenerar células saudáveis, eles são poderosos e devem ser colocados em nossos cardápios diários. 

Então, quais são os alimentos especiais que um pesquisador de câncer de Harvard come todos os dias? Em seu site, o médico entrega alguns itens que costumam fazer parte da sua rotina – e que também deve fazer parte da sua se você deseja se blindar contra doenças. Alguns são mais comuns do se que imagina. 

Café da manhã

Dr. Li começa os dias com café ou chá verde, em especial matchá, por seu poder antioxidante. Esse se refere a essas bebidas como “alimentos de grande sucesso”, porque ativam todos os sistemas de defesa do corpo.

Manga e frutas frescas misturadas com aveia integral ajudam a garantir a ingestão recomendada de fibras. 

Leia também: Dicas de como usar matchá para emagrecer

Almoço

Já foi mais que comprovado que as saladas devem fazer parte de uma alimentação saudável. Segundo o especialista, para prevenir câncer e proteger o sistema imunológico, couve, espinafre, rúcula e outras folhas verdes são excelentes opções, ricas em nutrientes. Adicionar abacate, rico em ômega-3 e gorduras boas à salada também é válido. Além disso, fazem parte de sua rotina alimentar leguminosas como lentilhas, grão-de-bico e feijão preto, que são carregados de proteínas, fibras, ferro e uma série de outras vitaminas e minerais.

Lanches

Na hora de beliscar entre as refeições, oleaginosas estão entre os lanches preferidos do especialista. Nozes, amêndoas, castanhas e companhia são cheias de ômega-3, que estimulam o cérebro e o sistema imunológico, e também são uma ótima fonte de vitaminas do complexo B e magnésio. Mas, se bateu a vontade de um doce ou sobremesa, chocolate amargo acima de 70% é bem-vindo. 

Jantar

Por fim, para quem deseja adotar hábitos para ajudar o corpo a prevenir câncer, de acordo com o médico de Harvard, a última refeição do dia pode conter peixe temperado com alho, alcaparras e limão, combinado com massa integral com molho de tomate caseiro ou espinafre. 

O médico acredita que os carboidratos são uma parte importante no combate a doenças – você só precisa procurar os certos. Assim, optar por grãos integrais, frutas, feijões e pão de fermentação longa em vez de carboidratos refinados ou processados ​​é a chave para colher os benefícios de combate a doenças.

Leia também: Excesso de açúcar é convetido em acúmulo de gordura no coração e abdômen

Sobre o autor

Redação
Todos os textos assinados pela nossa equipe editorial, nutricional e educadores físicos.

Leia também:

ator Cauã Reymond segurando um garfo e uma faca e usando um babador
Alimentação Bem-estar

Cauã Reymond mostra jantar saudável com sopa, frango e legumes

Ator compartilhou em suas redes socais o que comeu na noite de Dia dos Namorados (12/06). Confira o jantar de Cauã Reymond

personal ajudando aluno a fazer o exercício crucifixo inclinado na academia
Bem-estar Movimento

Crucifixo inclinado: como fazer corretamente para evitar dores

A posição do banco no crucifixo inclinado faz com que o exercício enfatize bem os músculos do peitoral. Confira o passo a passo

criança nadando na piscina
Bem-estar Movimento

Crianças podem (e devem) fazer natação no inverno!

Prática deve ser contínua mesmo no frio, pois aumenta imunidade e o gasto calórico. Veja os benefícios da natação no inverno para as crianças!