Sedentarismo é uma das principais causas da obesidade no país

Bem-estar Movimento
16 de Maio, 2023
Sedentarismo é uma das principais causas da obesidade no país

Dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) apontam que, entre 2003 e 2019, o número de adultos com obesidade no país mais do que dobrou, passando de 12,2% para 26,8% da população. E quando falamos sobre as principais causas da obesidade no Brasil, muita gente logo pensa na alimentação como o principal fator para a condição.

Contudo, um novo estudo feito pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) vai contra essa ideia. De acordo com o artigo, que utilizou dados da Pesquisa Nacional em Saúde (PNS), do Ministério da Saúde, e da Pesquisa de Orçamentos Familiares (POF), do IBGE, os principais coeficientes associados à obesidade no país são:

  • Idade;
  • Condições socioeconômicas;
  • Falta ou insuficiência de atividades físicas.

Leia também: Dietas ou treinos elaborados pelo Chat GPT são seguros?

Causas da obesidade no Brasil: estudo

Os resultados do estudo são importantes porque ajudam a desmistificar o preconceito de que o sobrepeso ou a obesidade são causados exclusivamente por hábitos alimentares ruins.

“Ao comparar indivíduos com peso normal, com sobrepeso e com obesidade, não houve diferenças estatisticamente significantes no consumo calórico, com a diferença média sendo de cinco calorias. Contudo, o estilo de vida e o modo de trabalho, bem como o fato de um indivíduo residir em zonas urbanas, aumentam a probabilidade de excesso de peso”, disse o professor Marcio Holland, da Escola de Economia de São Paulo (FGV EESP), em um comunicado da FGV.

De acordo com o professor, a prevalência da obesidade aumenta conforme a idade avança. Além disso, as mulheres são mais acometidas pela condição do que os homens, apesar de serem eles os que apresentam as maiores taxas de sobrepeso.

É claro que a alimentação também contribui para aumentar o risco de desenvolvimento da doença, mas o especialista afirma que é preciso tomar cuidado para não considerarmos um único alimento (ou um grupo de alimentos) como o grande causador do problema.

Leia também: Como correr sem parar? Expert dá dicas para conquistar objetivo

Causas da obesidade no Brasil: impactos do sedentarismo

Para o profissional de Educação Física e influenciador Alberto Alfieri, fazer exercícios regularmente é muito importante para prevenir e tratar a obesidade. E isso por alguns motivos:

  • Gasto energético: “a atividade física ajuda a queimar calorias. Desse modo, se você queima mais do que come, pode controlar ou perder peso”;
  • Mais massa muscular: “o treino, principalmente o levantamento de peso, contribui para a construção de músculos. E músculos queimam mais calorias do que a gordura, mesmo quando estamos descansando”;
  • Menos fome: movimentar o corpo também auxilia na saciedade;
  • Bem-estar: os hormônios liberados com a atividade física estimulam sensações de prazer e felicidade, diminuindo assim o estresse;
  • Saúde em dia: “a obesidade gera outros problemas de saúde, como doenças do coração e diabetes. O que pode ser prevenido ou controlado com a prática de exercícios”;
  • Equilíbrio da glicemia: isso porque ao ficarmos mais ativos, nosso corpo usa melhor a insulina que produz.

Leia também: Afinal, quais exercícios quem tem hérnia de disco deve evitar?

Como começar a treinar? Dicas

A seguir, o personal indica o que fazer para começar a se exercitar com segurança:

  • Comece devagar: “não adianta querer fazer tudo de uma vez. Portanto, comece com exercícios leves e vá aumentando aos poucos”;
  • Beber água é muito importante. Assim, não se esqueça!”
  • Use roupas confortáveis e tênis adequado para evitar lesões e acidentes;
  • Preste atenção no seu corpo: “se sentir alguma dor estranha, pare de se exercitar e vá ao médico”;
  • Não desista: “tente fazer exercícios todos os dias. Se não der, tudo bem. O importante é não desistir”;
  • Apoio emocional: fazer exercício com amigos pode ser mais divertido. Contudo, se não puder, um treinador pessoal pode te ajudar”;
  • Por fim, “se você quer ajuda para começar, pode contratar um personal trainer, se matricular em uma academia ou seguir um programa de exercícios online com um professor habilitado.”

Fonte: Aurélio Alfieri, profissional de educação física e influenciador.

Referência: Obesidade e consumo das famílias brasileiras: diagnóstico e implicações para políticas públicas.

Sobre o autor

Redação
Todos os textos assinados pela nossa equipe editorial, nutricional e educadores físicos.

Leia também:

ator Cauã Reymond segurando um garfo e uma faca e usando um babador
Alimentação Bem-estar

Cauã Reymond mostra jantar saudável com sopa, frango e legumes

Ator compartilhou em suas redes socais o que comeu na noite de Dia dos Namorados (12/06). Confira o jantar de Cauã Reymond

personal ajudando aluno a fazer o exercício crucifixo inclinado na academia
Bem-estar Movimento

Crucifixo inclinado: como fazer corretamente para evitar dores

A posição do banco no crucifixo inclinado faz com que o exercício enfatize bem os músculos do peitoral. Confira o passo a passo

criança nadando na piscina
Bem-estar Movimento

Crianças podem (e devem) fazer natação no inverno!

Prática deve ser contínua mesmo no frio, pois aumenta imunidade e o gasto calórico. Veja os benefícios da natação no inverno para as crianças!