Arroz engorda? Conheça as informações nutricionais do alimento

Alimentação Bem-estar
29 de Outubro, 2021
Arroz engorda? Conheça as informações nutricionais do alimento

A maioria dos brasileiros ama um arroz feito na hora, soltinho e quentinho. Se acompanhado do feijão, então, o prato se transforma na base da alimentação do país. Contudo, por ser fonte de carboidratos, muita gente diz que o arroz engorda. O que não é bem verdade, sabia? Entenda:

Tipos de arroz e informações nutricionais

O arroz branco, tipo mais consumido no país, nada mais é do que a forma mais processada do grão ancestral. Por isso, ele concentra menos nutrientes, proteínas e fibras do que o integral, que contém todas as partes do grão (o farelo, o endosperma e o embrião). Confira, então, as informações nutricionais de 100 gramas de arroz branco (cozido):

  • 128 calorias;
  • 28,1g de carboidratos;
  • 2,5g de proteínas;
  • 0,2g de gorduras;
  • 1,6g de fibras;
  • 1mg de sódio.

A título de comparação, veja as características de 100 gramas de arroz integral (cozido):

  • 123 calorias;
  • 25,8g de carboidratos;
  • 2,6g de proteínas;
  • 0,3g de gorduras;
  • 2,8g de fibras;
  • 1,2mg de sódio.

Ou seja, os dois alimentos são bem parecidos no que diz respeito às calorias. Contudo, a versão integral possui mais fibras. Além de nutrientes como fósforo, manganês e magnésio.

Leia também: Pão engorda?

Arroz engorda? Conclusão

Portanto, pelos motivos citados acima, o arroz não deve se tornar um “alimento proibido” no seu cardápio. Isso porque ele pode ser uma boa fonte de energia. A recomendação é: priorizar o consumo do arroz integral em detrimento do arroz branco, se possível. Veja também outras boas opções de arroz para adicionar ao cardápio:

  • Negro: rico em vitaminas A e do complexo B;
  • Vermelho: contém ferro. Desse modo, é bom para prevenir a anemia.

Além disso, vale combinar o ingrediente com o feijão. “Essa é a base alimentar da população brasileira. Isso porque ela nos fornece todos os aminoácidos essenciais para nutrir o nosso corpo”, explica o nutricionista Marco Quintarelli.

Aminoácidos nada mais são do que os compostos que formam as proteínas. Estas, por sua vez, são estruturas essenciais para o corpo humano. “Chamamos de aminoácidos essenciais aqueles que não são produzidos pelo organismo, ou seja, só conseguimos absorver através da alimentação. Por isso, temos que consumir alimentos que tragam esses aminoácidos até nós”, explica o profissional.

Para você entender porque a dupla se completa, é preciso saber que o arroz é rico no aminoácido essencial metionina. Mas pobre em outro chamado lisina. Já o caso feijão, por outro lado, é justamente o contrário: a leguminosa carrega muita lisina e pouca metionina.

Leia também: Comer rápido engorda?

Sobre o autor

Redação
Todos os textos assinados pela nossa equipe editorial, nutricional e educadores físicos.

Leia também:

mulher de lado tomando um suco verde em um copo
Alimentação Bem-estar

Como comer mais fibras no dia a dia? Dicas simples

O nutriente promove saciedade, melhora o trânsito intestinal, ajuda a evitar picos de açúcar no sangue e diminui a absorção das gorduras. Veja como comer mais

foto mostra diferentes pincéis de maquiagem
Beleza Bem-estar

Pincéis e esponjas de maquiagem podem causar acne e alergias. Como higienizar?

Você já tentou de tudo, mas não consegue se livrar do aparecimento de espinhas? Já tentou lavar seus pincéis e esponjas de maquiagem?

corrida
Bem-estar Movimento Saúde

Como proteger garganta e ouvidos na corrida durante o inverno

É necessário tomar os devidos cuidados para proteger garganta e ouvidos durante a corrida no inverno. Saiba mais!