Amido resistente, presente na banana verde, ajuda a prevenir câncer, diz estudo

2 de agosto, 2022

Recentemente, um estudo descobriu que alimentos com amido resistente (como banana verde, feijão, ervilha e aveia) podem ajudar na prevenção de vários tipos de câncer — entre eles, de estômago, trato biliar, pâncreas e duodeno.

A pesquisa foi conduzida por cientistas da Universidade de Newcastle e Leeds, no Reino Unido, e publicada na última terça-feira (26/07) na revista científica Cancer Prevention Research. Ela faz parte de uma iniciativa internacional que acompanha pacientes com Síndrome de Lynch — alteração genética que aumenta a predisposição de um indivíduo ao câncer colorretal.

Amido resistente e câncer: como funcionou o estudo

Esta não foi a primeira fase do projeto. Na etapa inicial, os especialistas investigaram os efeitos da utilização da aspirina no risco do desenvolvimento da doença. Mas na segunda fase, eles resolveram se concentrar no amido resistente.

A investigação envolveu mais de mil pessoas. Elas foram divididas em dois grupos: aquelas que ingeriram um suplemento diário de 30g de amido resistente em pó por cerca de quatro anos; e aquelas que consumiram placebo pelo mesmo período.

Como resultado, os cientistas perceberam que o primeiro grupo apresentou menores taxas de câncer no trato gastrointestinal superior em comparação ao segundo grupo — 21 diagnósticos contra apenas cinco, respectivamente, ao longo de 20 anos.

Mesmo assim, os autores do artigo ressaltam a importância de mais investigações acerca do assunto para entender melhor a relação entre o amido resistente e o aparecimento de câncer.

Leia também: Câncer colorretal e alimentação: Prevenção está no prato

O que é

A princípio, os alimentos ricos em amido são as fontes de carboidratos, como os grãos e a batata. No entanto, alguns alimentos são especialmente ricos em amidos resistentes.

Eles ajudam na eliminação de gordura do corpo, controlam o colesterol e dão maior sensação de saciedade. Por isso, esses alimentos podem ajudar no emagrecimento. Não só, eles favorecem a saúde do coração, bem como a do intestino.

Além disso, o alimento rico nessa substância libera a glicose de maneira bem gradual. Assim, não há picos de açúcar no sangue.

De acordo com os especialistas, o amido resistente seria especialmente benéfico para prevenir o câncer porque ele favorece as células do cólon e estimula a diminuição do pH da região. Sem contar que os alimentos ricos no nutriente geralmente também contribuem para a saúde digestiva como um todo, equilibrando a microbiota intestinal.

Leia também: Falta de fibras na alimentação: Sinais que o organismo dá

Referência: Cancer Prevention with Resistant Starch in Lynch Syndrome Patients in the CAPP2-Randomized Placebo Controlled Trial: Planned 10-Year Follow-up.

Sobre o autor

Redação
Todos os textos assinados pela nossa equipe editorial, nutricional e educadores físicos.