Alimentos vasodilatadores: O que são, como atuam no organismo e exemplos

Alimentação Bem-estar
21 de Fevereiro, 2022
Alimentos vasodilatadores: O que são, como atuam no organismo e exemplos

Quem convive com a hipertensão (a famosa pressão alta), precisa tomar alguns cuidados com relação à alimentação. Isso porque dietas ricas em ultraprocessados e sódio são verdadeiras inimigas do hipertenso. Por outro lado, é preciso priorizar o consumo de alguns tipos de alimentos, como os vasodilatadores. Saiba mais:

O que são alimentos vasodilatadores?

De acordo com a nutricionista Thaís Carretoni, da Amparo Saúde, alimentos vasodilatadores são “aqueles ricos nos seguintes nutrientes: potássio, magnésio, ômega 3, niacina (vitamina B3), arginina, flavonoides e nitratos.”

Todas essas substâncias citadas por ela são capazes de promover a expansão ou o relaxamento dos vasos sanguíneos. “E colaboram, dessa forma, para reduzir a pressão sanguínea e melhorar o fluxo de sangue do organismo, trazendo o benefício adicional de potencializar a oxigenação e a nutrição de tecidos e órgãos.”

Esses benefícios são importantes não só para quem convive com a hipertensão e/ou alguma cardiopatia, mas também para aqueles que possuem condições relacionadas à má circulação (varizes, por exemplo), assim como para os praticantes de treinos de força e resistência (musculação, CrossFit…).

Quais são os alimentos vasodilatadores?

Thaís Carretoni cita, então, os mais conhecidos:

Importância da dieta equilibrada

Contudo, a especialista não deixa de ressaltar que o que impacta mais no controle da pressão arterial é a dieta como um todo (e não apenas o consumo de alimentos vasodilatadores). Isso inclui, portanto, a redução do sódio, quantidades adequadas e variadas de legumes, verduras e frutas, a inclusão de proteínas magras no cardápio (frango sem pele, peixes, cortes magros de carne vermelha e queijos brancos), aumento das fibras e a priorização das gorduras de boa qualidade (aquelas presentes no salmão, no abacate, nas castanhas e nas sementes).

“Um alimento vasodilatador, sozinho, não terá o potencial de prevenir ou melhorar a hipertensão, nem tampouco anular os efeitos deletérios de uma dieta rica em sódio, gordura saturada e calorias vazias. É necessário que tais alimentos estejam incluídos em um contexto de alimentação e hábitos saudáveis, para que realmente possam promover seus benefícios para a nossa saúde cardiovascular”, finaliza a profissional.

Fonte: Thaís Carretoni, nutricionista da Amparo Saúde.

Descubra seu peso ideal. É grátis! Saiba se seu peso atual e sua meta de peso são saudáveis com Tecnonutri.
cm Ex. 163 kg Ex. 78,6

Sobre o autor

Redação
Todos os textos assinados pela nossa equipe editorial, nutricional e educadores físicos.

Leia também:

mulher de lado tomando um suco verde em um copo
Alimentação Bem-estar

Como comer mais fibras no dia a dia? Dicas simples

O nutriente promove saciedade, melhora o trânsito intestinal, ajuda a evitar picos de açúcar no sangue e diminui a absorção das gorduras. Veja como comer mais

foto mostra diferentes pincéis de maquiagem
Beleza Bem-estar

Pincéis e esponjas de maquiagem podem causar acne e alergias. Como higienizar?

Você já tentou de tudo, mas não consegue se livrar do aparecimento de espinhas? Já tentou lavar seus pincéis e esponjas de maquiagem?

corrida
Bem-estar Movimento Saúde

Como proteger garganta e ouvidos na corrida durante o inverno

É necessário tomar os devidos cuidados para proteger garganta e ouvidos durante a corrida no inverno. Saiba mais!