Alimentos gelados no inverno fazem mal?

Muito provavelmente você já ouviu falar que bebidas e alimentos gelados no inverno não devem ser consumidos em dias frios, pois podem causar gripes, resfriados e outros problemas. Mas será que existe alguma verdade na crença? Entenda.

Alimentos gelados no inverno causam gripe?

Cientificamente falando, a resposta é não! Não existe uma relação direta entre a temperatura dos alimentos e o desenvolvimento de doenças como gripes e resfriados em dias mais frios. 

Marcel Menon Miyake, otorrinolaringologista do Hospital Albert Sabin e pesquisador na Santa Casa de São Paulo, aponta que pesquisadores da Santa Casa realizaram um estudo com 50 pessoas que acreditavam nessa hipótese. O objetivo era entender o desenvolvimento dos sintomas gripais pela ingestão de bebidas geladas. 

O trabalho dividiu os voluntários em dois grupos, e observou o aparecimento dos incômodos nos indivíduos que estavam ingerindo bebidas geladas e nos que não estavam. O resultado demonstrou que a metade que consumiu os líquidos gelados não apresentou nenhuma infecção no período observado. 

Na realidade, durante o inverno, alguns fatores podem contribuir para maiores taxas de desenvolvimento e transmissão de quadros gripais. Por exemplo, o clima mais seco, que pode atrapalhar o funcionamento das mucosas (responsáveis por proteger nossa garganta), a aglomeração de pessoas em ambientes fechados e as temperaturas mais baixas, que contribuem para a sobrevivência do vírus no ambiente. 

Mesmo assim, vale enfatizar: o vírus da influenza é o único responsável pela gripe, doença cuja vacina já está disponível para a população. Ou seja, se não há o vírus, não há infecção.

Leia também: Razões para se vacinar contra a gripe, segundo especialistas

Mas então, por que algumas pessoas sentem desconforto na garganta após ingerir alimentos e bebidas geladas?

A questão é que o problema não está diretamente no sorvete ou na água gelada, por exemplo. O que pode trazer malefícios é a variação brusca de temperatura: quando o organismo está muito quente, o contato com a bebida gelada pode causar irritações na garganta, provocando aquela sensação de dor e incômodo.

Leia também: Beber água muito gelada pode fazer mal à saúde?

Como cuidar da garganta no inverno?

Os cuidados não são difíceis, e visam fortalecer a imunidade do organismo, portanto, o Dr Miyake recomenda boas noites de sono, uma alimentação equilibrada e, acima de tudo, bastante água para manter a hidratação em dia. Assim, caso ocorra alguma infecção, seu corpo estáará preparado para se proteger. 

Outras dicas para fortalecer o sistema imune são evitar o estresse excessivo, realizar exercícios físicos e diminuir ou eliminar hábitos como beber e fumar

Leia também: Como fortalecer a imunidade

Fonte: Marcel Menon Miyake, otorrinolaringologista do Hospital Albert Sabin e pesquisador na Santa Casa de São Paulo.

Sobre o autor

Gabriel Saez Domingues
Estagiário de jornalismo, formando pela Unesp.