Acelga: Propriedades e benefícios da folha

3 de março, 2020

A acelga, também chamada de beterraba branca, é uma folha verde (hortaliça) clara cheias de boas propriedades e benefícios para a saúde. Seus talos são firmes e, apesar de sua versão verde ser mais comum, ela também pode ser encontrada em tons avermelhados. 

Propriedades da acelga

Mais consumida em países da Europa e, especialmente, da Ásia, a acelga não é querida apenas por seu sabor agradável, mas por suas ricas propriedades também. Sendo assim, sua abundância em vitaminas merece destaque. Em especial, é fonte de vitaminas C e A, sendo assim, ajuda no fortalecimento da imunidade. 

Quanto mais brancas as folhas, mais nova e crocante é a acelga. Evite maços com folhas amareladas e murchas. Se tiver manchas pretas, não compre: elas são sinais de que a verdura passou do ponto.

Benefícios da acelga

Fortalece os ossos

Nem só de vitaminas é feita a acelga: ela é composta por ácido oxálico, também presente no espinafre. A substância é altamente benéfica para a saúde dos ossos, visto que esse ácido promove a melhor absorção de cálcio no organismo. Por fim, o cálcio garante o fortalecimento ósseo.

Leia mais: Alimentos que contêm mais cálcio do que leite

Tratamento de diversas doenças 

Ainda, a poderosa folha também é fonte natural de antioxidantes. Dessa forma, ela pode ser usada para fins medicinais: aplicando-a sobre micoses e cicatrizes, bem como utilizando-a no tratamento de cálculo biliar.

Ajuda no funcionamento intestinal

Além de fortalecer os ossos e tratar diversas condições, a acelga também pode promover a melhora do funcionamento intestinal, visto que é rica em fibras. Sendo assim, evita a constipação e o inchaço abdominal, bem como facilita o processo de emagrecimento. 

Leia também: Lanches saudáveis que são bons para o intestino

Como consumir 

Tem sabor suave e, por isso, combina com temperos orientais e alimentos intensos, como pimenta, gengibre, shoyu, amendoim e coentro. Pode ser ingrediente de:

  • Saladas;
  • Pizzas;
  • Sopas e caldos;
  • Em conserva – comum na culinária japonesa;
  • Tortas – por exemplo, a tarte al d’jote, uma receita belga.

Sobre o autor

Nathália Lopes
Nathália Lopes
Estagiária de Jornalismo