Campanha de vacinação contra gripe e sarampo é prorrogada

Saúde
03 de Junho, 2022
Campanha de vacinação contra gripe e sarampo é prorrogada

A princípio, a Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe e Sarampo iria ser encerrada nesta sexta-feira (3). No entanto, o Ministério da Saúde decidiu prorrogá-la até o dia 24 de junho. O intuito é que, com mais dias para se imunizar, as taxas de proteção contra as doenças aumentem conforme o planejado.

Até o momento, a cobertura vacinal contra a gripe chegou apenas a 44%, número longe do ideal para proteção em massa da população. “O Ministério da Saúde reforça a importância da vacinação para evitar os casos graves da doença, principalmente durante os meses mais frios do ano”, destaca a nota do MS.

Além disso, a partir do dia 25 de junho, os estados estão liberados para expandir a vacinação da gripe para toda a população acima de seis meses de acordo com disponibilidade das doses ainda em estoque.

Eventualmente, a aplicação de proteção contra o sarampo continuará disponível ao longo de todo o ano. Isso porque o imunizante faz parte do Calendário Nacional de Vacinação. Logo, a recomendação da dose se dá para que o público infantil seja protegido de eventuais surtos que têm acontecido no país. Abaixo, confira quais são as pessoas elegíveis para cada uma das vacinas:

Leia mais: Gripe e resfriado: afinal, qual a diferença entre eles?

Vacinação contra gripe e sarampo

Quem pode receber a vacina da Influenza

  • Idosos acima de 60 anos;
  • Trabalhadores da saúde;
  • Crianças de 6 meses a menores de 5 anos de idade
  • Gestantes e puérperas;
  • Povos indígenas;
  • Professores;
  • Pessoas com comorbidades;
  • Pessoas com deficiência permanente;
  • Forças de segurança e salvamento e Forças Armadas;
  • Caminhoneiros e trabalhadores de transporte coletivo rodoviário de passageiros urbano e de longo curso;
  • Trabalhadores portuários;
  • Funcionários do sistema prisional;
  • Adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade sob medidas socioeducativas;
  • População privada de liberdade.

Vale lembrar que as crianças que já tomaram a vacina contra gripe em anos anteriores, só devem receber apenas uma dose conforme o restante do público elegível. No entanto, para quem for receber o imunizante pela primeira vez na vida, a segunda aplicação deve ser feita logo após 30 dias.

Leia mais: Sarampo no bebê: conheça os sintomas e a importância da vacina

Público-alvo da imunização contra o sarampo

  • Trabalhadores da saúde;
  • Crianças de 6 meses a menores de 5 anos de idade.

Fonte: Ministério da Saúde

Leia também:

foto de uma caderneta de vacinação com uma seringa
Saúde

Caderneta de vacinação em dia ajuda a evitar surtos de doenças

Especialistas alertam que a vacinação é um pacto de saúde coletivo

Chá de folha de mamão e dengue
Saúde

Chá de folha de mamão e dengue: é falso que bebida combate a doença

Não existem evidências científicas de que a bebida possui propriedades medicinais no tratamento da doença

vitamina B e dengue
Saúde

Vitamina B previne a picada do mosquito da dengue?

Sem comprovação científica, a técnica popular pode levar a população a uma falsa sensação de segurança