Vacina da dengue no SUS: imunizante será oferecido a partir de fevereiro

Saúde
22 de Dezembro, 2023
Vacina da dengue no SUS: imunizante será oferecido a partir de fevereiro

O Ministério da Saúde anunciou nesta nesta quinta-feira (21) que incorporou a vacina da dengue ao Sistema Único de Saúde (SUS). De acordo com a ministra da Saúde, Nísia Trindade, o Brasil é o primeiro país do mundo a oferecer o imunizante no sistema público universal.

A princípio, a Qdenga, nome do imunizante, não estará disponível em larga escala. Por enquanto, o foco será o público de regiões prioritárias. A incorporação do imunizante ocorreu pela Comissão Nacional de Incorporações de Tecnologias no SUS (Conitec).

“O Ministério da Saúde avaliou a relação custo-benefício e a questão do acesso, já que em um país como o Brasil é preciso ter uma quantidade de vacinas adequada para o tamanho da nossa população”, disse a ministra.

Leia mais: Vacina da dengue: afinal, quando tomar, doses e efeitos

Vacina contra a dengue no SUS: prazos

“A partir do parecer favorável da Conitec, seremos o primeiro país a dar o acesso público a essa vacina, como um imunizante do SUS. E, até o início do ano, faremos a definição dos públicos alvo levando em consideração a limitação da empresa Takeda do número de vacinas disponíveis. Faremos priorizações”, acrescentou Nísia Trindade.

A estratégia para utilização do quantitativo de vacinas será definida pelo Programa Nacional de Imunizações (PNI) e pela Câmara Técnica de Assessoramento em Imunização (CTAI). Eles também vão estipular o público-alvo prioritário e regiões com maior incidência da doença para aplicação das doses. A definição dessas estratégias deve ocorrer nas primeiras semanas de janeiro. De acordo com o laboratório, a previsão é que sejam entregues 5,082 milhões de doses em 2024, entre fevereiro e novembro. O esquema vacinal engloba duas doses.

Como funciona a vacina contra a dengue?

O imunizante Qdenga tem registro na Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) com indicação para prevenção de dengue causada por qualquer sorotipo do vírus para pessoas de 4 a 60 anos de idade.

A Qdenga (TAK-003) é do laboratório japonês Takeda Pharma. Trata-se do primeiro imunizante liberado no país para pessoas que nunca entraram em contato com o vírus da doença. Contudo, quem já teve a condição pode receber o imunizante.

Como prevenir a dengue?

A princípio, a prevenção da dengue envolve principalmente o controle e a redução da população de mosquitos Aedes aegypti, que transmitem o vírus da dengue. Veja algumas dicas para prevenir a propagação da doença:

  • Eliminação de criadouros de mosquitos:
  • Use repelentes de insetos que contenham DEET, icaridina ou outros ingredientes recomendados pelas autoridades de saúde.
  • Vista roupas de manga longa e calças compridas, especialmente durante as horas em que os mosquitos são mais ativos (amanhecer e entardecer).
  • Além disso, use mosquiteiros em janelas e portas.
Dengue
Estou com dengue, e agora? Baixe o app da Vitat e veja dicas de alimentação, alongamentos e outras recomendações para fazer caso esteja com dengue

Sobre o autor

Fernanda Lima
Jornalista e Subeditora da Vitat. Especialista em saúde

Leia também:

vitamina B e dengue
Saúde

Vitamina B previne a picada do mosquito da dengue?

Sem comprovação científica, a técnica popular pode levar a população a uma falsa sensação de segurança

Efeitos da vacina de Covid
Saúde

Efeitos da vacina da Covid: primeiro grande estudo mostra resultados

Segundo estudo, os efeitos da vacina são menores do que a infecção pela doença

disuria
Saúde

Disúria: entenda as causas, sintomas e tratamentos da dor ao urinar

O sintoma, popularmente chamado de dor ao urinar, pode ter diversas causas, sendo a infecção urinária a principal