Topografia de córnea (ceratoscopia): entenda para que serve

22 de junho, 2022

A topografia de córnea, também conhecida como topografia corneana ou ceratoscopia, consiste em um exame de oftalmologia que analisa a superfície da córnea para identificar possíveis irregularidades no relevo, espessura e também curvatura. 

Dessa maneira, o mapeamento feito por computador auxilia no diagnóstico de diversas doenças nos olhos. Além disso, ajuda em avaliações que antecedem cirurgia ou no acompanhamento de patologias existentes.

Assim, o exame é essencial para pacientes que farão cirurgia refrativa para correção de miopia, hipermetropia ou astigmatismo. É importante para o médico modelar a córnea e conhecer a topografia. O mesmo se aplica aos tratamentos de ceratocone, pterígio, úlceras da córnea, catarata, transplante de córnea, entre outras condições que alteram a estrutura ocular. 

Leia também: Diplopia (visão dupla): o que é, quais são as causas e tratamentos

Como é feito o exame de topografia de córnea

O procedimento é indolor e dura, em média, 5 minutos. Não é necessário preparação prévia e nem dilatar a pupila, mas o paciente deve estar sem lentes de contato e, caso ele use frequentemente, deve interromper o uso cinco dias antes do exame, substituindo-as por um óculos de grau.

Assim, o paciente apenas deve fixar o olhar no ponto determinado pelo médico e o aparelho capta as medidas processadas pelo computador. Se for realizado nos dois olhos, é chamado de binocular. Se a topografia for apenas realizada em um dos olhos, monocular.

Leia também: Oftalmologista pediátrico: o que é e quando procurar um

O resultado é conhecido de imediato através das imagens geradas. Após os resultados, o médico oftalmologista leva em consideração o histórico clínico e exames anteriores para fechar um diagnóstico.

Sobre o autor

Redação
Redação
Todos os textos assinados pela nossa equipe editorial, nutricional e educadores físicos.