Tipos de batata: benefícios da inglesa, doce, baroa e muito mais!

Alimentação Bem-estar
14 de Março, 2024
Tipos de batata: benefícios da inglesa, doce, baroa e muito mais!

A batata é um daqueles alimentos que praticamente todo mundo ama. A versão frita, bem crocante e sequinha… hum! Nem se fale, não é mesmo? Mas a gente sabe que esse tipo de preparação – embora uma delícia – não é saudável, tampouco pode ser um hábito no cardápio. Mas a boa notícia é que existem diversas formas de preparar o alimento, além de diversos tipos de batata pra você variar o cardápio e não enjoar (se é que é possível) desse carboidrato cheio de benefícios para a saúde. Descubra agora!

Leia mais: Afinal, como fazer batata-doce na air fryer? Confira receita fácil e sequinha

Quais são os principais tipos de batatas?

1. Inglesa

Primeiramente, esse é o tipo de batata mais comum no Brasil, possuindo baixo teor de gordura e diversas vitaminas dos grupos B e C, além de conter ferro, cálcio, fósforo, potássio e amido. Muito comum nas receitas do dia a dia, possui baixo teor de água e amido, por isso combina com preparos cozidos, como purês, acompanhamentos de carnes, tortas e massas assadas.

2. Batata-doce

Roxinha por fora, branquinha por dentro: a batata-doce é rica em carboidratos e contém duas vezes mais fibras que uma batata inglesa, sendo a mais consumida por atletas devido ao baixo índice glicêmico. Possui vitaminas A, C e algumas do complexo B, além de efeitos anti-inflamatórios e antioxidantes.

 

3. Tipos de batata: yacon

Similar visualmente com a batata-doce, a yacon é muito popular no Japão e leva o nome de “batata diet” no Brasil, possuindo baixo valor calórico. É rica em fibras, ajuda a regular o intestino e coopera no controle do colesterol. Além disso, é indicada para pessoas com diabetes, já que ela ajuda a diminuir os níveis de glicose no sangue. O consumo da batata yacon é normalmente crua, sem casca.

4. Batata asterix

De casca avermelhada e de grande espessura, contém elevados teores de vitamina C, minerais e fibras, por exemplo. Fica gostosa frita, principalmente com a casca, pois contém mais amido do que água. Não é indicada para salada, pois fica quebradiça depois de cozida. Além disso, outro uso muito comum para ela é na massa de nhoques. Assim como outras opções do tubérculo, ela é rica em fibras, ajudando a prolongar a sensação de saciedade. Por fim, também se destacam sua alta concentração de minerais, vitaminas e antioxidantes.

5. Tipos de batata: baroa

Popular como “mandioquinha”, contém fósforo, vitaminas A, B e C e elevado teor de fibras, além de possuir propriedades anti-inflamatórias. É amplamente indicada na dieta para crianças e é ideal para comer cozida, em sopas ou na forma de purê. De formato mais alongado, tem sabor mais forte que o de outras opções de batata.

6. Batata bolinha

Com um formato menor e arredondado, é similar à batata inglesa. Por ser pequena, ela funciona bem como acompanhamento de diferentes pratos e vai bem com molhos variados. Bem lavada, ela pode ser consumida até com casca, o que aumenta seu nível de fibras e a torna mais benéfica para a digestão. É ideal para conservas, saladas ou aperitivos.

Afinal, como preparar os tipos de batata?

  • Cozida em água: a textura e o sabor mudam conforme o tempo de cozimento. Para saladas, cozinha por menos tempo e fica firme, com sabor pronunciado de amido. Para o purê, cozinha mais, fica bem macia e com sabor mais suave. Cozinhe na água com sal, o sabor fica melhor.
  • Cozida no micro-ondas: em apenas alguns minutos, fica macia sem perder o formato para ser recheada. Para isso, o truque é não descascar e furar bem toda a superfície com um garfo.
  • Assada no forno ou air fryer: por conta do amido, forma uma casquinha crocante e fica macia por dentro. Para a batata ficar bem dourada, deve ser regada com azeite e o forno ou a air fryer devem estar bem quentes.
  • Frita: o segredo para fazer qualquer tipo de batata frita, seja chips, em fatias ou rodelas, por exemplo, é estar bem sequinha. Para isso, vale até enxugar com o pano de prato. Assim, óleo novo e a temperatura certa também garantem a casquinha crocante.

Sobre o autor

Fernanda Lima
Jornalista e Subeditora da Vitat. Especialista em saúde

Leia também:

Lapsos de memória
Bem-estar Equilíbrio Saúde

Lapsos de memória: 8 principais fatores e como evitá-los

Rotina sobrecarregada, estresse e noites maldormidas são algumas das causas

Quando mudar a rotina de skincare
Beleza Bem-estar

Rotina de skincare: quando mudar os produtos? Dermatologista explica

Segundo a dermatologista, apesar da percepção, a pele continua se beneficiando da rotina

aveia com limão
Alimentação Bem-estar

Dieta Oatzempic: suco de aveia com limão realmente emagrece?

Shake não oferece riscos, mas não cumpre efeitos milagrosos na perda de peso