Tendinopatia: O que é, sintomas e como tratar

2 de agosto, 2022

A tendinopatia consiste em uma inflamação que ocorre nos tendões e causa sintomas como dor, inchaço e dificuldade para realizar exercícios físicos.

Primeiro, é importante entender que os tendões são estruturas que unem os músculos e ossos. Assim, eles são compostos por colágeno e responsáveis pelo movimento.

Dessa maneira, a tendinopatia pode ocorrer em qualquer articulação que tenha tendões. Um dos problemas mais comuns, inclusive, é a tendinite. 

Causas da tendinopatia

Geralmente, a tendinopatia surge por conta de diversos fatores, principalmente pelo estresse mecânico. Por isso, o problema é mais comum em pessoas que fazem movimentos repetidos durante um longo período de tempo. Além disso, pode acontecer em atletas que treinam intensamente, com sobrecargas. 

Algumas situações e quadros clínicos podem aumentar a chance de desenvolver a tendinopatia. Portanto, confira:

  • Falta de fortalecimento muscular; 
  • Diabetes; 
  • Envelhecimento; 
  • Artrite reumatoide; 
  • Obesidade; 
  • Movimentos repetitivos; 
  • Postura inadequada; 
  • Esportes como vôlei, corrida, tênis, entre outros.

Sintomas da tendinopatia

Os sintomas podem variar entre cada pessoa. Contudo, na maioria das vezes, os sinais incluem:

  • Sensação de queimação;
  • Fraqueza muscular;
  • Dificuldade para movimentar a articulação afetada;
  • Vermelhidão, inchaço e rigidez no local.

Leia também: Tendão de Aquiles: Saiba como tratar e prevenir lesões

Tipos de tendinopatia

Tendinite

A tendinite é caracterizada pela inflamação ou irritação de um tendão. Geralmente, a condição é causada por movimentos repetitivos e, se não for tratada, pode provocar dores acentuadas e inchaço por um longo período. 

Tendão de Aquiles

O tendão de aquiles é localizado na parte de trás da perna, entre a panturrilha e o calcanhar. Esta estrutura tem como função conectar os músculos da panturrilha ao calcâneo (osso que dá forma ao calcanhar). Assim, é o tendão mais forte do nosso corpo, sendo o mais exigido durante a corrida. Contudo, é mais suscetível a dores e lesões.

Se você costuma sentir dor no tendão de aquiles pode significar uma pequena inflamação, que é resultado de algum esforço físico, como correr, caminhar ou andar de bicicleta, por exemplo. Além disso, também pode ocorrer devido o uso de sapatos muito apertados.

Epicondilite lateral

Também conhecida como cotovelo do tenista ou tendinite do tenista, a epicondilite lateral ocorre quando os tendões desta parte do corpo estão sobrecarregados.

Pessoas que realizam atividades domésticas e atuam em profissões como pintura, carpintaria, encanamento e outras atividades que exijam movimentos repetitivos com os braços e pulsos também podem desenvolver a patologia. No Brasil, há mais de 150 mil casos por ano.

Tratamento da tendinopatia

A boa notícia é que a tendinopatia tem cura. No entanto, é importante ter os devidos cuidados e optar pelo tratamento mais indicado.

O tratamento para a tendinopatia dependerá da gravidade da inflamação. Mas, no geral, o indicado é optar por métodos que visam diminuir a dor e trazer de volta a qualidade de vida. Afinal, as dores limitam as atividades corriqueiras.

A fisioterapia é a mais indicada para dores constantes. Isso porque durante as sessões, o profissional irá indicar o melhor programa de reabilitação para o seu caso. Ademais, também pode ser indicado exercícios de alongamento para você realizar em casa.

Além disso, o médico pode indicar medicamentos como anti-inflamatórios e, em alguns casos, injeção de corticosteroides.

Referência: Dr. Alexandre Kusabara

Sobre o autor

Julia Moraes
Jornalista e repórter da Vitat. Especialista em fitness, saúde mental e emocional.