Erros comuns no consumo de proteína: Saiba quais são

1 de julho, 2020

Alguns erros são bastantes comuns no que diz respeito ao consumo de proteína, que é um dos três macronutrientes essenciais. Ela deve fazer parte da dieta, entretanto, os erros comuns na hora de consumir esse nutriente, que podem parecer inofensivos, na verdade influenciam na saúde e boa forma.

Entre suas funções, a proteína é principalmente conhecida por seu envolvimento com a saúde muscular e por ajudar no ganho de massa magra (hipertrofia). Não só, também estão associadas ao transporte de oxigênio pelo corpo, à produção de anticorpos e mais.

Felizmente, as proteínas estão presentes em alimentos de origem animal bem como em alimentos de origem vegetal. Portanto, há opções para todos.

Erros comuns no consumo de proteína

Não comer proteína em todas as refeições

Um erro muito comum – senão o mais comum de todos, é não incluir uma boa fonte de proteína em todas as refeições. A princípio, logo na primeira refeição do dia, o café da manhã, já é recomendado consumir proteína, seja vegetal ou animal. O mesmo vale para o almoço e o jantar. A seguir, algumas opções de proteínas para cada uma das refeições:

Leia também: Entenda porque ovo é saudável

Em especial, consumir proteína no café da manhã pode ser excelente para a saúde e principalmente para quem deseja perder peso. Segundo um estudo feito na Universidade de Lund, na Suécia, consumir uma fonte de proteína na primeira refeição do dia ajuda a nos manter saciados por mais tempo.

Leia mais: Maneiras de consumir proteína sem precisar comer carne

Exagerar nas quantidades

Ingerir proteína é fundamental para manter o corpo funcionando, mas é preciso muito cuidado com o excesso. Esse excesso pode sobrecarregar o rim, entupir artérias e até mesmo prejudicar o coração. Assim, a recomendação é que a pessoa consuma 1 grama de proteína por quilo que pesa. Por exemplo, quem tem 70 kg deve consumir 70 gramas de proteína diariamente.

Leia também: 7 fatores que impedem você de ganhar músculos

Consumir sempre as mesmas fontes

Muitas vezes, manter sua dieta bem planejada pode ser muito benéfico e prático. Entretanto, variar é importante por muitos motivos. Um dos motivos é que constantemente consumir as mesmas fontes de proteína pode, além de tornar-se tedioso e monótono, estar impedindo seu organismo de entrar em contato com outros nutrientes presentes em alimentos que não fazem parte da sua dieta.

Outro problema é consumir apenas alimentos que são estritamente compostos de proteína, como os suplementos. Apesar de serem excelentes fontes de aminoácidos, eles não costumam conter vitaminas, antioxidantes e minerais que alimentos “de verdade” contêm.

Leia mais: Benefícios de provar novos alimentos e inovar na dieta

Como facilitar o consumo de proteína

  • Inclua pelo menos uma fonte de proteína em todas as refeições
  • Varie os alimentos
  • Balanceie-a com os demais macronutrientes

Sobre o autor

Nathália Lopes
Nathália Lopes
Estagiária de Jornalismo