O que podemos aprender com a pessoa mais velha do mundo

13 de janeiro, 2020

Quando falamos na pessoa mais velha do mundo, muitos acabam se chocando e se perguntam o que exatamente alguém faz para viver tanto tempo assim. 

Aos 117 anos, Kane Tanaka é a pessoa mais velha do mundo. Ela nasceu em uma cidade chamada Fukuoka, no Japão. De acordo com o South China, Tanaka acorda cedo às 6 da manhã, e gosta de estudar matemática até hoje.

Leia mais em: Estudo de Harvard relaciona o otimismo com a longevidade

Assim, Fukuoka é uma cidade no sul do Japão, e é conhecida pela longevidade de seus moradores. Como muitos sabem, o Japão é um dos países mais saudáveis do planeta, com uma dieta limpa e estilo de vida equilibrado. 

As chaves do Japão para a longevidade

Para quem deseja iniciar, a dieta japonesa é excelente para o envelhecimento, pois é baixa em calorias, mas rica em nutrientes. Como por exemplo o missô, que é uma potência fermentada que melhora a recuperação intestinal.

Leia também: Dieta japonesa: O que é e como fazer

Além disso, o estilo japonês de comer, chamado Washoku, é caracterizado por muitos ingredientes naturais de origem local, como frutos do mar, legumes e arroz. No entanto, a dieta não é a única coisa notável na cultura japonesa ligada à longevidade.

Alguns temas de propósito e conexão também prevalecem na cultura. Moai em japonês significa “um grupo de amigos ao longo da vida” ou grupo de apoio social que se forma a fim de fornecer apoio variável de interesses sociais, financeiros, de saúde ou espirituais”.

Diante disso, sabemos que a solidão pode causar inflamações e potencialmente tirar anos de sua vida, mas com o “moai” ao seu lado, isso se torna muito menos preocupante.

Já o Ikigai, que se traduz em “razão de ser”, destaca a importância de viver uma vida de propósito, que está ligada a longevidade.

Sendo assim, pode não haver uma fórmula para viver até os 100 anos, mas uma coisa é evidente: uma combinação entre uma alimentação saudável, relacionamentos fortes, estilos de vida ativos e vida de propósito, podem ser a chave para a longevidade.

Leia também: Dieta de Okinawa: O que é, como fazer e benefícios

Sobre o autor

Julia Moraes
Julia Moraes
Jornalista e repórter da Vitat. Especialista em fitness, saúde mental e emocional.