Palatinose: conheça os benefícios

Alimentação Bem-estar
15 de Março, 2023
Palatinose: conheça os benefícios

Você já ouviu falar sobre a palatinose? Basicamente, trata-se de um carboidrato natural e uma excelente fonte de energia. Também chamado de isomaltulose, possui um baixo índice glicêmico, ou seja, rende energia duradoura.

Resumidamente, esse é um carboidrato complexo. Por isso, leva mais tempo para ser digerido e absorvido pelo organismo, já que sua estrutura química é mais complexa quando comparada aos chamados carboidratos simples. Dessa forma, seus picos glicêmicos são mais duradouros. Assim, o corpo pode utilizá-lo como fonte de energia por um longo período de tempo, sem ter que converter qualquer excesso dele em gordura.

Para que serve?

A palatinose serve, principalmente, para melhorar o desempenho nos treinos e ganhar massa muscular. Ou seja, é recomendado para quem busca atingir a hipertrofia. No entanto, é essencial que você busque avaliação médica antes de incluir qualquer suplemento na sua rotina.

Benefícios da palatinose

Melhora o desempenho físico

Por render energia prolongada, palatinose é recomendável para atletas, especialmente aqueles que praticam atividades mais intensas e longas. Quando consumida como pré-treino, pode ajudar a render um desempenho melhor durante o exercício.

Combate a sensação de fadiga

Não só, consumi-la também ajuda a combater a sensação de fadiga, ou seja, cansaço intenso. 

Leia também: Alimentos que roubam energia do nosso corpo

Dificulta o ganho de peso

Visto que o corpo pode utilizar esse carboidrato como fonte de energia por um longo período de tempo, sem ter que converter qualquer excesso dele em gordura. Sendo assim, consumi-lo torna mais difícil que o corpo armazene gordura. 

Protege os dentes

Ainda, esse carboidrato complexo não é digerido pelas bactérias orais. Portanto, pode oferecer proteção aos dentes contra as cáries, o que é especialmente benéfico para crianças.

Leia mais: Alimentos que protegem os dentes

Contraindicações e efeitos colaterais da palatinose

Não existem contraindicações para a palatinose. Contudo, de acordo com Livia Tanizaki, nutricionista da Vitat gestantes e lactantes devem consumir este produto somente sob orientação do profissional nutricionista. “Em geral, não ocasiona efeitos colaterais. Mas, o consumo de quantidade excedente da recomendação pode estar relacionado a quadros de diarreia”, explica. 

Dúvidas frequentes

Ajuda no ganho de massa muscular?

Livia ressalta que pode sim auxiliar no desempenho dos treinos e, consequentemente, na hipertrofia muscular. Isso porque a palatinose é a principal fonte de enregia para o organismo durante a prática de exercícios. Mas é importante lembrar que a hipertrofia 

Emagrece?

Não. Segundo Livia, a  palatinose não é capaz de atuar diretamente no processo de emagrecimento. Pois apesar de fornecer menor quantidade de calorias (quando comparado à sacarose), ainda assim pode contribuir para uma parcela significativa de caloria diária, quando consumida em excesso”, lembra Livia.

Engorda?

Por ser um carboidrato de absorsão lenta, uma das grandes dúvidas é se a palatinose engorda ou não. De acordo com a nutricionista Amanda Figueiredo, se for usada corretamente, ela pode ser incluída em uma dieta equilibrada sem problemas de aumento de peso. “Mas, ela precisa ser contabilizada junto com a ingestão calórica do resto do dia. Caso a ingestão calórica total não seja excedida por quem deseja emagrecer, ela tem a vantagem de ajudar na disposição do treino. Treinando mais, você queima mais calorias”, explica.

Pode tomar depois do treino?

O ideal é utilizar a palatinose no pré-treino, pois ela libera energia lentamente e não causa picos de insulina no sangue. Para Amanda, pode ser consumida em qualquer momento do dia e até mesmo como ceia. No entanto, o horário e quantidade desse e de qualquer outro suplemento deve sempre ser orientado por um nutricionista.

Diferenças entre maltodextrina e palatinose

A maltodextrina também é um carboidrato feito com a hidrólise e amido do milho que, em pó, é consumido por atletas da musculação. Seu índice glicêmico é alto, além de bastante calórico. Sua absorção no organismo é rápida, ajudando na hipertrofia.

Fontes de palatinose

Conheça alguns alimentos ricos em palatinose a seguir:

  • Beterraba;
  • Mel;
  • Extrato de cana-de-açúcar;

Apesar de ser uma substância naturalmente encontrada nos alimentos, é ainda mais comum encontrar à venda a palatinose em sua versão isolada. Como assim? Em resumo, empresas fabricantes de suplementos isolam o carboidrato presente na beterraba e vendem-o na forma de pó. Portanto, há também essa opção.

Como consumir palatinose?

A palatinose, segundo Livia, atua no organismo como fonte de energia e não provoca picos com altas taxas de glicose no sangue. Por isso, o ideal é consumi-la o no pré-treino. “Recomenda-se consumir a palatinose misturada a algum líquido e, se quiser, também pode ser adicionada a receitas adocicadas, como substituto de açúcar e outros edulcorantes”, finaliza.

Programas Vitat para ganhar massa magra

Vem Massa Magra

Fonte

  • Livia Tanizaki, nutricionista da Vitat.
  • Amanda Figueiredo, nutricionista.

Sobre o autor

Redação
Todos os textos assinados pela nossa equipe editorial, nutricional e educadores físicos.

Leia também:

Mesa flexora e cadeira flexora
Bem-estar Movimento

Mesa flexora e cadeira flexora: quais as diferenças e qual é a melhor?

Quem pratica musculação em academias, provavelmente vai se deparar com dois exercícios muito comuns no “leg day”: mesa flexora e cadeira flexora. Além do nome parecido,

Endometriose e saúde mental
Bem-estar Equilíbrio Saúde

Endometriose e saúde mental: como cuidar de si mesma?

Desconfortos podem causar uma série de desafios emocionais, por isso é importante cuidar da saúde mental

escolher travesseiro
Bem-estar Saúde Sono

Saiba o que é importante na hora de escolher o melhor travesseiro

Aprenda a escolher o melhor produto para dormir melhor