Ozempic e queda capilar: usuárias relatam novo possível efeito colateral

Saúde
27 de Abril, 2023
Ozempic e queda capilar: usuárias relatam novo possível efeito colateral

O Ozempic ganhou amplo destaque entre aqueles que desejam perder peso. Sua popularidade começou nas redes sociais, com trends do TikTok de usuários relatando os efeitos positivos na balança. Para se ter uma ideia, a busca pelo nome comercial da semaglutida cresceu 400% em abril deste ano. Contudo, apesar dos efeitos promissores, consumidores do Ozempic têm se queixado de possíveis reações adversas, como queda capilar e flacidez na pele do rosto.

Veja também: Estresse pode causa presença de sangue nas fezes?

Ozempic realmente pode causar queda capilar?

As reclamações da perda dos fios começaram no celeiro que criou a fama do medicamento, o TikTok. Diversas usuárias do fármaco mostram, em vídeos, grandes quantidades de fios nas mãos após escovar os cabelos. Elas atribuem o efeito ao uso do Ozempic, e alegam que nunca haviam passado por algo semelhante antes de utilizar a “canetinha” de semaglutida.

Contudo, não existem muitas literaturas específicas que detalham esse tipo de reação em escala maior. Na bula do Ozempic, o fabricante avisa sobre a possibilidade de queda capilar, mas em situações raras.

Uma pesquisa de 2021 da Universidade da Pensilvânia, dos Estados Unidos, reuniu mais de 600 participantes com sobrepeso e obesidade. Os cientistas dividiram os voluntários em dois grupos, um que recebeu o Ozempic enquanto o outro somente placebo. Ambos seguiram uma dieta de déficit calórico ao longo de 68 semanas.

Ao final do experimento, uma baixa parcela dos usuários que tomaram o medicamento notaram afinamento e queda dos cabelos. No entanto, os autores não relacionaram a reclamação ao fármaco.

Queda de cabelo pode ser multifatorial

Embora seja relevante, não é possível determinar se a perda dos fios das usuárias do TikTok realmente são resultado do uso do Ozempic. Afinal, a redução das madeixas pode ser uma consequência natural do emagrecimento rápido.

Sobretudo se o processo incluir procedimentos invasivos, como a cirurgia bariátrica. Nessa situação, o organismo enfrenta alterações hormonais severas e perde a capacidade de absorver os nutrientes de maneira adequada.

Então, é esperado que pacientes bariátricos sofram com a queda dos cabelos, que precisa de controle por meio da ingestão de suplementos e alimentação adequada. Essa constatação é consenso médico, inclusive publicada pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Bariátrica e Metabólica. 

No artigo, a sociedade informa que a alopecia é um cenário frequente no contexto da cirurgia bariátrica. Todavia, dietas restritivas, uso de medicamentos, estresse, mudanças no metabolismo, infecções e outros inúmeros fatores também podem ter sua parcela de “culpa” no quadro.

Uso do Ozempic precisa de recomendação médica

A princípio, o medicamento se destina a indivíduos com diabetes tipo 2, sobrepeso ou obesidade. Entretanto, o uso off label (ou seja, fora da recomendação inicial) para reduzir a fome e, assim, perder peso, é mais frequente do que a prescrição principal. Eis que mora o perigo, pois muitas pessoas adquirem o produto sem orientação médica.

Como resultado, correm o risco de administração incorreta, efeitos indesejáveis e complicações graves, pois o medicamento possui restrições para alguns grupos de pacientes.

Portanto, se você deseja emagrecer, busque auxílio médico para traçar a melhor estratégia para esse objetivo.

 

Sobre o autor

Redação
Todos os textos assinados pela nossa equipe editorial, nutricional e educadores físicos.

Leia também:

mulher se consultando com um médico
Bem-estar Saúde

Preparação para a bariátrica vai além dos exames e envolve mudanças de vida

Antes de entrar no centro cirúrgico, o candidato à cirurgia bariátrica percorre um caminho de preparação que promete mais do que a perda de peso: uma

tempo em frente às telas
Alimentação Bem-estar Equilíbrio Saúde

Maior tempo em frente às telas está associado à piora da dieta de adolescentes

Pesquisa brasileira avaliou dados de 1,2 mil adolescentes e constatou que a maioria gasta mais de 2 horas de tempo em frente as telas

corredor abaixado segurando a perna aparentemente com dor
Bem-estar Movimento Saúde

Será que eu estou com canelite? Médico destaca principais sinais

A condição é uma das principais preocupações entre os corredores. Ortopedista explica como identificar os sintomas característicos da canelite