Ovo emagrece? Saiba se ovo é bom para emagrecer

Alimentação Bem-estar
11 de Junho, 2020
Ovo emagrece? Saiba se ovo é bom para emagrecer

Que ovo é saudável a ciência já conseguiu provar. Mas, será que tem como incluí-lo em uma dieta com foco em perder peso e, assim, usar o ovo para emagrecer? Se você faz parte do time que evita o alimento como parte de uma dieta equilibrada, está perdendo. pois, enquanto uma fobia persistente em relação ao ovo continua, prevalece o fato de ele é sim saudável. Não só, é um dos alimentos mais densos em nutrientes que existe. Aqui, vamos desvendar se ovo emagrece.

Em uma unidade se concentram 13 vitaminas e minerais essenciais e seis gramas de proteína de alta qualidade, tudo por apenas 70 calorias.

Eles não são apenas deliciosos – também são fáceis de preparar. Assim, seja mexido, cozido, em omelete, sozinho ou acompanhado, leia motivos para comer ovos todos os dias.

Ovo emagrece?

Ovo ajuda a controlar a fome

O motivo são as proteínas que garantem maior tempo de saciedade após a refeição. Pois, um estudo da Universidade de Connecticut (EUA) constatou que ingerir ovo no desjejum impacta em consumir menos calorias no decorrer do dia. Ou seja, essa descoberta foi feita com um grupo comparativo entre pessoas que consumiram ovo no café da manhã e outras que ingeriram alimentos ricos em carboidratos.  

Ovo emagrece: Como usar o ovo para emagrecer

Por muito tempo banido dos cardápios saudáveis, o ovo se provou um alimento nutritivo e grande aliado da dieta. Mas, além de ser barato e fácil de encontrar em todo o país, ele é versátil, podendo ser consumido em forma de omelete, mexido, cozido ou frito.

O ovo contribui para uma silhueta mais enxuta por ajudar na queima de gordura. Além disso, mantém os níveis de açúcar no sangue controlados, além de contribuir para o aumento da massa magra e para a redução do colesterol ruim. 

Por fim, vale lembrar que o modo de preparo influencia na eficácia do ovo para emagrecer. Na versão frita com óleo de cozinha, por exemplo, pode ser uma bomba calórica e de gorduras. Assim, se o consumo dessa forma for frequente, certamente poderá levar ao ganho de peso e subir os níveis de colesterol. No entanto, se você consumi-lo cozido, seja sozinho ou acompanhado de outros ingredientes (na salada, por exemplo), não existe risco para a dieta, desde que não haja exagero.

Leia também: Como comer hambúrguer sem sair da dieta

Sobre o autor

Redação
Todos os textos assinados pela nossa equipe editorial, nutricional e educadores físicos.

Leia também:

Chás pré e pós-treino
Alimentação Bem-estar

Chás pré e pós-treino: veja as melhores opções

O chá é a segunda bebida mais consumida mundialmente, depois da água, sendo o Brasil um dos maiores consumidores. De acordo com um balanço da Euromonitor

Lapsos de memória
Bem-estar Equilíbrio Saúde

Lapsos de memória: 8 principais fatores e como evitá-los

Rotina sobrecarregada, estresse e noites maldormidas são algumas das causas

Quando mudar a rotina de skincare
Beleza Bem-estar

Rotina de skincare: quando mudar os produtos? Dermatologista explica

Segundo a dermatologista, apesar da percepção, a pele continua se beneficiando da rotina