Óleos essenciais para combater ansiedade

5 de setembro, 2019

Em um mundo de turbilhões, ansiedade e estresse são simplesmente inevitáveis. O Brasil é um dos países com mais pessoas ansiosas, segundo relatório recente da Organização Mundial da Saúde (OMS). Pouco mais de 9% da população é afetada pela ansiedade, o triplo da média mundial. Nessa estimativa, as mulheres são a maioria das vítimas do transtorno. 

Quando o estresse se torna desenfreado, nosso corpo paga o preço, e esse mal se manifesta de todos os modos, desde insônia e irritabilidade até problemas digestivos e reprodutivos.

Enquanto muitos recorrem aos produtos farmacêuticos para lidar com o estresse e a ansiedade, pode valer a pena olhar primeiro para a natureza, como técnicas como a aromaterapia

A aromaterapia é uma técnica terapêutica milenar que utiliza as propriedades dos óleos essenciais para restabelecer o equilíbrio físico, psíquico e espiritual. Através do olfato, as propriedades de cada óleo chegam ao sistema nervoso, que responde pelas emoções, estimulando o cérebro a iniciar ou inibir a produção de hormônios e secreções. 

Leia também: Aromaterapia: Descubra o poder dos óleos essenciais

Os óleos essenciais são uma ferramenta que pode ajudá-lo a se acalmar quando combinados com outras técnicas de alívio do estresse. Veja dicas de como usá-los:

Como os óleos essenciais funcionam

Quando inalamos o aroma de um óleo essencial, ele imediatamente aciona nosso corpo, pois suas moléculas viajam através do sistema olfativo para o cérebro. A partir daí, pode afetar diretamente as muitas reações e sistemas corporais, incluindo emoções, memória, pressão arterial e frequência cardíaca, respiração, hormônios e estresse. 

Um simples aroma de um óleo essencial concentrado pode quase instantaneamente acionar a produção de neurotransmissores de bem-estar, como serotonina e dopamina.

Leia também: 6 óleos essenciais para você usar a seu favor

Principais óleos essenciais para combater a ansiedade

Bergamota 

O óleo de bergamota é uma opção para combater a ansiedade, pois sua composição única acalma a mente e o corpo enquanto melhora o humor. Seu conteúdo de limoneno permite um relaxamento intenso quando inalado, enquanto as notas cítricas apimentadas estimulam imediatamente os sentidos. Em alguns estudos, a bergamota demonstrou ser capaz de diminuir os níveis de glicocorticoides no organismo, hormônios que são responsáveis pelo aumento da ansiedade e do estresse.

Faça sua avaliação de peso, descubra seu peso ideal e aprenda a emagrecer com a Low Carb. Clique para saber mais

Hortelã

Alternativa fresquinha, o óleo essencial de hortelã quando inalado libera o mentol presente em sua composição, que emite sinais ao cérebro capazes de diminuir a ansiedade – você fica menos propensa a atacar o chocolate no meio da tarde, por exemplo, segundo estudo recém-publicado no periódico americano Journal of Alternative and Complementary Medicine.

Lavanda

Alguns estudos identificaram que o óleo essencial de lavanda, ou alfazema, como também é conhecida, é capaz de reduzir os níveis de cortisol, um hormônio responsável pela sensação de estresse. Além disso, tem ação protetora do sistema cardiovascular e ajuda a restaurar a paz interior, diminuindo a irritabilidade, ataques de pânico e a inquietação.

Camomila

Um estudo publicado na revista de medicina alternativa Evidence-Based Complementary and Alternative Medicine mostrou que a camomila pode reduzir a ansiedade em pacientes na UTI melhor que métodos tradicionais. Outra pesquisa mostrou que a camomila pode acalmar a “mente hiperativa” e suas preocupações.

Leia também: Óleos essenciais para combater dores de cabeça

Sobre o autor

Redação
Redação
Todos os textos assinados pela nossa equipe editorial, nutricional e educadores físicos.