Molho rosa do TikTok reforça importância de conferir rótulos

22 de julho, 2022

A hashtag Pink Sauce, molho rosa em tradução livre, já teve mais de 130 milhões de acessos no TikTok. O assunto do momento é um condimento criado pela Chef Pii, no qual cada pote é comercializado por 20 dólares. A cor foi o primeiro fator a chamar atenção dos usuários, mas o problema começou, de fato, quando alguns deles notaram inconsistências na tabela nutricional do produto.

Os rótulos diziam que o tamanho da porção equivale a uma colher de sopa. Entretanto, está marcado que existem 444 porções em um pote, o que seria aproximadamente 1,7 galões. 

Os internautas também perceberam que havia a presença de leite na tabela de ingredientes, mas nenhuma orientação em relação à necessidade de refrigeração foi feita pela marca — aspecto duvidoso principalmente, quando não há a adição de conservantes, como é o caso do molho. Além disso, o produto não aponta a data de validade. 

Em relação ao sabor do molho rosa, não houve unanimidade entre os compradores. Alguns aprovaram, enquanto outros disseram que parecia “um molho ranch aguado”. Existem, ainda, usuários que ficaram bastante receosos em relação à segurança do produto e decidiram não arriscar.

Explicações do molho rosa do TikTok

Por conta da repercussão, chef Pii se pronunciou. Ela publicou um vídeo no qual admite o erro nos rótulos e pede desculpas. “Sou apenas humana, não sou perfeita”, declara. Na gravação, também afirma que a equipe irá substituir todos os rótulos e enviará um presente e um bilhete de agradecimento. Acerca do alto preço, outra reclamação dos clientes, Pii explica que ainda é um pequeno negócio, mas que eles estão trabalhando para diminuir o custo o quanto antes.

Por fim, ela pontua que o molho rosa segue o padrão da FDA (Administração de Alimentos e Medicamentos dos Estados Unidos), órgão semelhante à Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) no Brasil. Mas afirma que o produto ainda está na fase de testes de laboratório.

Rótulos e tabelas nutricionais 

Rótulos e tabelas nutricionais servem para indicar aos consumidores os ingredientes, nutrientes e calorias presentes no produto. Cada país possui uma regulamentação diferente conforme as decisões de cada órgão responsável.

No Brasil, por exemplo, os rótulos nutricionais passarão por uma mudança em outubro deste ano. A partir dessa data, alguns produtos alimentícios vão conter uma lupa que indica se o alimento tem alto teor de sódio, açúcar ou gorduras saturadas. Trata-se do rótulo nutricional na frente da embalagem, ou Front-of-package (FoP).

É importante saber que a tabela nutricional precisa conter os nutrientes, propriedades e calorias presentes no produto comercializado. Você deve se atentar para interpretar corretamente o tamanho da porção considerada pelo fabricante – que costuma ser apenas parte do conteúdo total da embalagem. Além disso, as tabelas também devem conter porcentagens que revelam quanto aquelas quantidades representam na ingestão diária.

Cuidados

Como no caso do molho rosa do TikTok, quando o produto contém equívocos na tabela nutricional, é preciso ficar atento. Apoiar pequenos negócios é importante, mas buscar entender a procedência dos produtos antes de consumi-los é fundamental. 

Uma das principais dicas das nutricionistas na hora de ir às compras, por exemplo, é checar a lista de ingredientes e o rótulo. Por isso, lembre sempre de tomar esses cuidados e, quando necessário, consulte um profissional da área.

Leia mais: Veja como interpretar as informações nas embalagens de alimentos

Sobre o autor

Redação
Todos os textos assinados pela nossa equipe editorial, nutricional e educadores físicos.