Dieta mediterrânea, paleolítica ou jejum intermitente: Qual emagrece mais?

Alimentação Bem-estar
05 de Fevereiro, 2020
Dieta mediterrânea, paleolítica ou jejum intermitente: Qual emagrece mais?

Os três são populares e conhecidos de quem está tentando eliminar uns quilinhos da balança. Por isso, é comum a pergunta. Dieta mediterrânea, paleolítica ou jejum intermitente: O que emagrece mais?

Pesquisadores da Nova Zelândia decidiram colocar as três metodologias lado a lado e compará-las pelo seu efeito na perda de peso, pressão arterial e outros benefícios.

Como foi a pesquisa

Os cientistas recrutaram 250 adultos saudáveis ​​e acima do peso, principalmente mulheres, que tinham em média 44 anos de idade. Como parte do estudo, as pessoas escolheram qual estratégia (mediterrânea, paleolítica ou jejum intermitente) seguiria pelos próximos 12 meses para emagrecer

A dieta mediterrânea concentrava-se principalmente em alimentos vegetais, peixes e grãos integrais, enquanto limitava carne vermelha e grãos processados. Já o jejum intermitente foi realizado em um padrão de cinco dias sem restrições, dois dias em um jejum modificado (comumente chamado 5: 2). Por fim, a dieta paleolítica tinha foco em carnes, peixes e gorduras saudáveis, com algumas leguminosas, frutas, legumes e grãos limitados e processados. 

Nos 12 meses seguintes, eles registraram sua ingestão alimentar e realizaram check-ups periódicos para acompanhar peso, percentual de gordura corporal, pressão arterial e hemoglobina A1C (um exame de sangue que mede o açúcar no sangue ao longo do tempo e é usado para diagnosticar e acompanhar a progressão) de diabetes).

Leia também: Dieta rica em frutas e vegetais pode reduzir o risco de Alzheimer

Mediterrânea, paleolítica ou jejum intermitente: O que emagrece mais?

Após 12 meses, foi feito check-in para ver como estavam os participantes de cada uma das dietas. 

  • A maior porcentagem de pessoas foi capaz de seguir a dieta mediterrânea (57% das pessoas que iniciaram o estudo), seguida pelo jejum intermitente (54%) e paleo (35%). 
  • A maior perda de peso foi observada no grupo de jejum intermitente, com uma perda média de 4 quilos. A dieta mediterrânea estava logo atrás, com as pessoas perdendo 3 quilos em média, e as da dieta paleo perderam mais de 2 quilos. 

Além da perda de peso, a dieta mediterrânea ostentava outros benefícios impressionantes para a saúde. Os seguidores reduziram a pressão arterial sistólica em 6 pontos e reduziram a hemoglobina A1C, que mede o risco de alguém para desenvolver diabetes. 

Os que fizeram jejum intermitente também apresentaram leves quedas na pressão arterial, mas não tiveram os mesmos benefícios protetores do diabetes que a dieta mediterrânea.

O que significa

Embora as pessoas que seguiam o jejum intermitente tenham perdido um pouco mais de peso, as que fizeram a dieta mediterrânea tiveram mais benefícios à saúde além do emagrecimento. Reduzir a pressão arterial ou o A1C pode ajudar a reduzir o risco de doenças crônicas, semelhante à perda de peso. Além disso, a dieta mediterrânea foi a menos restritiva a seguir.

No entanto, a melhor dieta é aquela que se adapta ao seu estilo de vida o suficiente para que você possa cumpri-la. Para muitos, é difícil sustentar tentar jejuar dois dias por semana ou tornar-se restritivo em suas escolhas alimentares. 

Assim, a dieta mediterrânea é uma ótima opção devido à flexibilidade e eficácia. É uma das razões pelas quais ela é altamente recomendada por especialistas em saúde.

Leia também: Qual é a melhor dieta para a saúde mental?

Sobre o autor

Redação
Todos os textos assinados pela nossa equipe editorial, nutricional e educadores físicos.

Leia também:

mulher segurando pílulas de citrato de magnésio na mão
Alimentação Bem-estar Saúde

Magnésio citrato alivia prisão de ventre? Entenda

Magnésio citrato é indicado para o tratamento da constipação aguda, mas nem todo mundo deve consumi-lo. Entenda melhor

mulher de lado tomando um suco verde em um copo
Alimentação Bem-estar

Como comer mais fibras no dia a dia? Dicas simples

O nutriente promove saciedade, melhora o trânsito intestinal, ajuda a evitar picos de açúcar no sangue e diminui a absorção das gorduras. Veja como comer mais

foto mostra diferentes pincéis de maquiagem
Beleza Bem-estar

Pincéis e esponjas de maquiagem podem causar acne e alergias. Como higienizar?

Você já tentou de tudo, mas não consegue se livrar do aparecimento de espinhas? Já tentou lavar seus pincéis e esponjas de maquiagem?