Lian Gong: Conheça essa prática chinesa e seus benefícios

Bem-estar Movimento
02 de Março, 2020
Lian Gong: Conheça essa prática chinesa e seus benefícios

Provavelmente você já deve conhecer tai chi chuan e yoga, mas você já ouviu falar de Lian gong? Trata-se de uma prática da medicina tradicional chinesa composta por exercícios que previnem e tratam lesões musculares, esqueléticas, dores crônicas, transtornos mentais entre outros distúrbios que mexem com o equilíbrio do corpo. Pode ser utilizada em complemento com outras modalidades que exijam força, como velocidade e impacto, ou mais simples, como a caminhada. 

A modalidade foi criada na década de 1970, pelo médico ortopedista Zhuang Yuan Ming, nascido em Shangai, China, em 1919. Ele uniu conhecimentos da MTC (Medicina Tradicional Chinesa) e da moderna medicina ocidental, com antigas artes guerreiras, de forma a prevenir e tratar dores no corpo, problemas osteosmusculares e nas articulações.

Lian gong possui 3 séries de 18 exercícios, ( por isso também é chamado de Lian Gong em 18 Terapias) incluindo alongamentos, que trabalham músculos superficiais e profundos. Além disso, pode ajudar a reduzir o estresse e dores no corpo. Basicamente, o intuito é restabelecer os movimentos naturais do corpo, buscando seu fortalecimento e o equilíbrio de energias. 

Lian Gong: Como são os exercícios 

Os exercícios podem ser praticados todos os dias, entre 12 a 15 minutos diários. Geralmente são feitos em pé, com respiração natural e músicas específicas com instrumentos chineses e, não é necessário roupa especial.

Leia também: A importância dos exercícios aeróbicos

As atividades possuem a característica básica de fusão dos movimentos de alongamento com tração, que é controlada por quem pratica, sem pressão e dentro dos limites de cada um. Assim, age sobre os sistemas circulatório e articular.

Já para quem pretende prevenir e tratar dores no corpo, os exercícios recomendados são divididos para pescoço e ombros, costas e região lombar, glúteos e pernas. 

Leia também: Exercícios que dão mais energia que uma xícara de café

Existe também um exercício para tratar bronquite crônica e debilidade funcional do coração e pulmões, chamado  de “I Qi Gong”.

Dessa forma, lian gong pode ser praticado por pessoas de qualquer idade. Não há riscos envolvidos na prática, mas é importante respeitar os limites do próprio corpo. Os exercícios têm um caráter bem fisioterápico. Portanto, até pessoas com dores podem praticá-los, desde que não estejam atravessando crises agudas.

Benefícios

  • Trata e previne as dores no corpo;
  • Melhora a circulação sanguínea;
  • Melhora a resistência e a vitalidade do organismo;
  • Combate ansiedade e estresse;
  • Além disso, previne disfunções dos órgãos internos;
  • Ajuda a tratar problemas respiratórios.

Por fim, para quem prefere se exercitar em grupo há aulas gratuitas em diversos parques de São Paulo, a maior parte delas no período da manhã, além de escolas que oferecem a técnica. Por fim, como qualquer prática corporal, quem deseja praticar a modalidade deve seguir sempre as orientações de um bom instrutor e as recomendações de um médico.

Sobre o autor

Julia Moraes
Jornalista e repórter da Vitat. Especialista em fitness, saúde mental e emocional.

Leia também:

Mesa flexora e cadeira flexora
Bem-estar Movimento

Mesa flexora e cadeira flexora: quais as diferenças e qual é a melhor?

Quem pratica musculação em academias, provavelmente vai se deparar com dois exercícios muito comuns no “leg day”: mesa flexora e cadeira flexora. Além do nome parecido,

Endometriose e saúde mental
Bem-estar Equilíbrio Saúde

Endometriose e saúde mental: como cuidar de si mesma?

Desconfortos podem causar uma série de desafios emocionais, por isso é importante cuidar da saúde mental

escolher travesseiro
Bem-estar Saúde Sono

Saiba o que é importante na hora de escolher o melhor travesseiro

Aprenda a escolher o melhor produto para dormir melhor