Kava-Kava: conheça a planta que combate a ansiedade

Alimentação Bem-estar
28 de Junho, 2023
Leticia Ramirez Naper de Souza
Revisado por
Nutricionista • CRN-3 63183
Kava-Kava: conheça a planta que combate a ansiedade

A kava-kava chama atenção não só pelo nome: ela é excelente para a saúde. Isso porque a planta medicinal tem propriedades capazes de combater a ansiedade. Além disso, é facilmente encontrada, o que a torna ainda mais popular, conhecida, inclusive, como “rivotril natural”.

Nos Estados Unidos, ela pode ser encontrada na rua, mas no Brasil pode ser adquirida em lojas de produtos naturais, bem como em supermercados. 

Saiba mais: Ansiedade: O que é, sintomas e como controlar

O que é a kava-kava?

Intitulada “Rivotril natural”, a kava kava atende pelo nome científico de Piper methysticum. A planta dispõe de um grupo de substâncias chamadas kavalactonas. Esses componentes oferecem o efeito de ansiolítico, pois agem de modo extremamente similar às benzodiazepinas, compostos típicos de medicações para ansiedade.

Ou seja, a planta age em conjunto com o neurotransmissor GABA, por meio de seus receptores cerebrais. O GABA é responsável pela sensação de relaxamento, bem como a de medo.

Benefícios da kava-kava

Melhora da ansiedade

Graças às suas propriedades, a kava-kava é um tratamento natural para os sintomas da ansiedade.

Diminui os sintomas da TPM

A planta também pode ajudar a reduzir os sintomas típicos (e irritantes) da TPM.

Tratamento de doenças renais

Além disso, a erva pode auxilia no tratamento de doenças como a cistite (infecção urinária).

Redução da insônia

A kava-kava pode, ainda, ajudar aqueles que sofrem com a insônia.

Leia mais: afinal, como acabar com a insônia e dormir melhor?

Como consumir

  • Chás, principalmente;
  • Cápsulas;
  • Concentrado líquido;
  • Aplicação medicinal.

Leia também: Qual é a diferença entre estar ansioso e ter ansiedade?

Como fazer o chá de Kava-kava

Para preparar o chá de kava-kava, coloque uma colher de sopa da planta para ferver em 500 mililitros de água por 10 minutos. Ao término, vale coar. O consumo da bebida pode ser de duas a três vezes por dia ou nos momentos em que sentir maior ansiedade, por exemplo. No entanto, o chá de kava-kava não e recomendado para grávidas, lactantes e crianças menores de 3 anos.

Por fim, o ideal é consultar um fitoterapeuta ou um profissional de saúde especializado em plantas medicinais, já que seu uso, doses e tempo de tratamento pode variar de acordo com cada pessoa e seu histórico.

Referências: Universidade Federal de Santa Catarina.

Sobre o autor

Redação
Todos os textos assinados pela nossa equipe editorial, nutricional e educadores físicos.

Leia também:

chá de boldo
Alimentação Bem-estar

Chá de boldo: para que serve, benefícios e como fazer

O chá de boldo é utilizado para tratar uma variedade de problemas digestivos, como má digestão, gases, azia, constipação e diarreia

prato com ovos, bacon, espinafre e tomates-cereja, ingredientes típicos da dieta cetogênica
Alimentação Bem-estar

Dieta cetogênica é indicada para emagrecer e desinchar; cardápio de 7 dias

Saiba tudo sobre a estratégia alimentar que conquistou muitas famosas

Creatina na menopausa
Alimentação Bem-estar Saúde

Creatina na menopausa: suplemento ameniza efeitos e promove bem-estar

A suplementação surge como uma alternativa promissora para combater os efeitos negativos da menopausa e promover o bem-estar feminino